Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » LIBERTADORES

Inter vence o Boca no tempo normal, mas é eliminado da Libertadores nos pênaltis

Na Bombonera, Colorado devolve resultado do Beira-Rio, leva disputa para os pênaltis, mas cai nas oitavas de final

Redação Publicado em 09/12/2020, às 23h45 - Atualizado às 23h47

Inter vence o Boca no tempo normal, mas é eliminado da Libertadores nos pênaltis
Inter vence o Boca no tempo normal, mas é eliminado da Libertadores nos pênaltis - GettyImages

Nos pênaltis, o Inter foi eliminado pelo Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores, nesta quarta-feira, 09. Em La Bombonera, o Colorado devolveu o resultado de 1 a 0 do jogo de ida e forçou a decisão por uma vaga nas quartas para as penalidades. Fabra (contra), marcou o único gol da partida. 

Nas cobranças alternadas, o time argentino levou a melhor e venceu por 5 a 4. Tévez, Salvio, Fabra, Izquierdoz e Jara marcaram para o Boca, enquanto Cordona parou na defesa de Lomba. Do lado Colorado, Rodinei, Edenílson, Yuri Alberto e Leandro Fernández converteram, e Rodrigo Lindoso e Peglow desperdiçaram.

Com o resultado, o Boca avança às quartas de final da competição continental, e vai enfrentar o Racing, que eliminou o Flamengo, no próximo dia 16, às 21h30, pela ida. O segundo confronto está marcado para o dia 23, ao mesmo horário. 

O Inter volta a campo no próximo sábado, 13, às 19h (de Brasília), quando recebe o Botafogo, no Beira-Rio, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O Inter entrou em campo precisando de uma vitória para buscar a classificação e entrou disposto a reverter o resultado do Beira-Rio na última quarta-feira. O time se posicionou no campo de ataque e explorou a troca de passes.

O Colorado chegou pela primeira vez aos 17 minutos. Patrick invadiu a área, fez boa jogada e tocou para Galhardo. O Atacante chutou e carimbou o travessão.

Aos 25, Patrick recebeu de Moisés, passou por Capaldo e cruzou na cabeça de Praxedes, que mandou fraco em cima de Andrada.

O Boca jogava por um empate e não chegava com perigo, mas o Inter seguia buscando o resultado e dificultava a saída dos argentinos. Aos 29 minutos, Galhardo recebeu cruzamento de Moisés, cabeceou no canto esquerdo e Andrada voou para defender.

Aos 31, Marcos Guilherme recebeu na entrada da área e deu um leve toque na saída de Andrada. A bola saiu fraca e o goleiro do Boca pegou com tranquilidade.

A pressão do Inter seguiu na volta do intervalo e, logo aos dois minutos, o gol saiu. Moisés recebeu de Patrick e cruzou rasteiro. Fabra se atrapalhou com a chegada de Marcos Guilherme e mandou contra a própria meta.

O Boca chegou apenas aos 12 minutos. Tévez recebeu na esquerda, passou por Moledo e chutou, mas parou na grande defesa de Lomba.

Aos 37, Vítor Cuesta perdeu uma grande oportunidade de ampliar a vantagem. Edenilson cobrou escanteio e o goleiro Andrada não segurou. A bola sobrou livre para Cuesta, que chutou por cima do gol do Boca.

Aos 44, o Boca chegou em uma jogada ensaiada e Cordona mandou uma bomba, que passou perto do gol de Lomba.

Aos 46, Obando recebeu o vermelho e foi expulso, após uma entrada em Edenílson. Com a vitória do time gaúcho por 1 a 0, a decisão da vaga foi para os pênaltis. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!