Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Destaque do Internacional, Patrick revela que virou atacante com Miguel Ángel Ramírez

Meio-campista deu detalhes de como está sendo o processo de assimilação em relação ao novo estilo de jogo

Redação Publicado em 24/03/2021, às 16h14 - Atualizado às 17h11

Patrick em ação com a camisa do Internacional
Patrick em ação com a camisa do Internacional - Ricardo Duarte/Internacional/Fotos Públicas

Patrick foi um dos grandes nomes do Internacionalna campanha da equipe no último Campeonato Brasileiro, mas parece que o meia vai mudar de posição com Ramírez. Em entrevista para o "Globo Esporte", o meio-campista afirmou que pode jogar de atacante. 

"Ele pediu para eu fazer a função, quer me usar mais como ponta. Sabe que eu faço outras funções, mas, no momento, quer que eu faça essa função. Então, a princípio, vocês verão o Patrick como ponta esquerda. Posso dizer que sou atacante, né?", contou para a reportagem do "GE".

Patrick ainda brincou sobre atuar como ponta e voltou a dizer que pode ser considerado um atacante no novo esquema de Miguel Ángel Ramírez: "Sim, posso dizer que sou atacante, né? Todo mundo gosta de fazer gol e, nessa função, fico mais perto da área. Já fiz um gol no primeiro jogo. Que venham mais gols e eu possa ajudar naquela função do campo".

Em relação as mudanças no estilo de jogo que o novo treinador está promovendo no Inter, o destaque do time gaúcho revelou certa dificuldade para assimilar os pedidos de Ramírez. Mesmo assim, ele acredita que o elenco irá entender todas as ideias o mais rápido possível.  

"Ele gosta de muito desse jogo de posição, de setor. Nos treinamentos, tem tentado colocar essa ideia. Temos o cacoete do jogador brasileiro de se movimentar, de ir de fora para dentro, de dentro para fora, se mexer bastante. Ele preza muito o posicionamento, o setor. É uma das coisas mais difíceis para mudarmos, mas acredito que, com o passar do tempo, dos jogos, dos treinamentos, conseguiremos nos adaptar a isso de acordo com o que ele deseja", explicou. 

Diferentemene da temporada passada, quando Patrick procurava mais a bola, na nova função terá de esperar ela chegar em seu pé. O meia contou que o treinador pediu para que ele tenha um pouco mais de paciência neste começo e confie no trabalho que está sendo feito.  

"Preciso ter paciência. Ele pediu um pouco de paciência porque o estilo dele de jogar é assim. Então o pessoal ainda está pegando essa dinâmica. Então, no início, vai chegar menos bolas, vou pegar menos. Mas disse para ter paciência e ficar tranquilo que, quando todos estiverem dentro do processo, a bola chegará e estaremos mais perto do gol. Não precisarei ir lá atrás e levar a bola para frente. Estarei mais perto do gol para criar as jogadas de ataque e ajudar o Inter", finalizou.


 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!