Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPEONATO BRASILEIRO

Brigando na parte de baixo da tabela, São Paulo e Santos ficam no empate pelo Brasileirão

Carlos Sánchez abriu o placar com um golaço no início do jogo e Calleri, de pênalti, empatou

Redação Publicado em 07/10/2021, às 19h36 - Atualizado às 20h28

São Paulo e Santos se enfrentaram pela 25ª rodada do Brasileirão - Getty Images
São Paulo e Santos se enfrentaram pela 25ª rodada do Brasileirão - Getty Images

Nesta quinta-feira, 7, brigando na parte de baixo da tabela, o São Paulo recebeu o Santos, no Morumbi, em clássico válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. E logo no início do jogo, Carlos Sánchez abriu o placar para o Peixe com um chutaço de fora da área. Entretanto, jogando em sua casa, o Tricolor soube se impor e conseguiu chegar ao empate com Calleri, de pênalti, aos 34 minutos do primeiro tempo.

A segunda etapa foi mais equilibrada, com ambas equipes criando chances para desempatar. O São Paulo chegava mais, mas parou nas ótimas defesas de João Paulo. Já o Santos, quando chegou, não conseguiu ser eficaz. Com o empate, as equipes permaneceram nas mesmas posições da tabela. Na próxima rodada, o Santos recebe o Grêmio, na Vila Belmiro, enquanto o São Paulo visita o Cuiabá, na Arena Pantanal.

ESCALAÇÕES

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Gomes, Miranda, Léo e Welington; Luan e Rodrigo Nestor; Luciano, Marquinhos, Rigoni e Calleri.

SANTOS: João Paulo; Vinícius Balieiro, Velázquez e Wagner; Marcos Guilherme, Camacho, Carlos Sánchez, Vinícius Zanocelo e Felipe Jonatan; Marinho e Léo Baptistão.

1º TEMPO

O jogo começou agitado desde o início, com o Santos abrindo o placar logo aos quatro minutos! Carlos Sánchez recebeu de Vinícius Zanocelo pela faixa central, abriu para a perna direita e arriscou um chute colocado, de fora da área, a bola bateu na trave e morreu no fundo do gol. Golaço do uruguaio!

Após sair na frente no placar, o Santos viu o São Paulo, controlar a posse da bola e as ações ofensivas nos minutos seguintes do primeiro tempo do clássico. Aos 29, Igor Gomes cruzou da direita, Marcos Guilherme cortou de cabeça e Marinho afastou parcialmente. No rebote, Rodrigo Nestor soltou uma bomba, de primeira, a bola desviou no braço de Vinícius Balieiro e saiu raspando a trave.

Nestor ficou reclamando do toque de mão e, após rever o lance no vídeo, o árbitro Raphael Claus marcou a penalidade! Na cobrança, Calleri deslocou o goleiro João Paulo com tranquilidade, finalizando rasteiro no cantinho esquerdo e deixou tudo igual no clássico, aos 34 minutos.

Já no final da primeira etapa, aos 42 minutos, Rigoni carregou desde o meio de campo, deu caneta em Camacho, se desequilibrou e errou o passe. Mas após o corte parcial de Vinícius Balieiro, o próprio argentino pegou o rebote e chutou forte, de canhota, mas mandou à esquerda do gol.

2º TEMPO

As equipes voltaram do intervalo a todo o vapor, e logo aos seis minutos, Felipe Jonatan arriscou da intermediária, com o pé ruim, mas Tiago Volpi defendeu em dois tempos no centro do gol. Na sequência, foi a vez do São Paulo atacar. Rigoni recebeu na intermediária do ataque e deu uma cavadinha para Luciano na área. O atacante chegou batendo de primeira, com o lado de fora do pé, mas João Paulo fechou bem.

Aos 17 minutos, Welington recebeu ótimo passe de Gabriel Sara na ponta esquerda e cruzou de primeira, mas Velázquez afastou de cabeça parcialmente. No rebote, Igor Gomes bateu cruzado e Vinícius Zanocelo desviou na pequena área, evitando o gol do tricolor.

Aos 27, Rodrigo Nestor encontrou Wellington, novamente pela ponta esquerda, que cruzou de primeira para Calleri. Em um primeiro momento o argentino foi travado, depois, bateu com pouco ângulo, mas parou em linda defesa de João Paulo.

Já aos 29 o Santos partiu para o ataque! Felipe Jonatan levantou da intermediária, Carlos Sánchez recebeu na segunda trave e cruzou. Léo Baptistão ajeitou de cabeça e Miranda acabou mandando contra a própria trave e, na sequência, conseguiu salvar em cima da linha, mas o bandeirinha já marcava impedimento no começo da jogada.

Já nos acréscimos, Lucas Braga recebeu pelo lado esquerdo da área, fez o pivô e rolou para trás, onde Felipe Jonatan chegou batendo cruzado, mas parou em defesa de Tiago Volpi, que caiu no cantinho para salvar o São Paulo e deixar tudo igual no clássico.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!