Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz

Gianluigi Buffon (Jogador de Futebol)

Gianluigi Buffon
Gianluigi Buffon - Getty Images
Nome CompletoGianluigi Buffon
Como/pelo que é mais conhecidoJogador de Futebol
Data Nascimento28/01/1978
42 anos, 6 meses
Local NascimentoCarrara, Itália
Facebook Oficial Gianluigi Buffon
Twitter Oficial Gianluigi Buffon
Instagram Oficial Gianluigi Buffon
Wikipedia Gianluigi Buffon

Gianluigi Buffon, também conhecido como Gigi, nasceu no dia 28 de janeiro de 1978 em Carrara, na Itália. Aos 13 anos, começou a jogar na categoria de base do Parma, e quatro anos depois, fez sua estreia no Campeonato Italiano, em novembro de 1995. 

Mesmo feito somente oito partidas com a equipe até então, na temporada seguinte foi promovido a goleiro titular do Parma. Conquistou a Europa League, Copa da Itália e Supercopa da Itália, todos esses em 1999, sua quarta temporada como titular absoluto. Ao todo, Buffon ficou no Parma por seis anos.

Em julho de 2001, Buffon foi transferido para a Juventus no valor de 52 milhões de euros e, por muitos anos, foi o jogador mais caro que a equipe já comprou. Titular absoluto desde quando chegou ao clube, o goleiro é o maior ídolo da Juve.

Até 2006, Buffon ganhou quatro Campeonatos Italianos com a Juventus, mas em maio daquele ano, o goleiro e vários outros jogadores foram acusados de participarem de apostas ilegais em partidas da Serie A TIM. Buffon cooperou voluntariamente com as autoridades, afirmando que fez apostas em jogos esportivos, mas que não havia feito em partidas do futebol italiano.

Buffon foi absolvido das acusações, mas a Juventus foi punida no escândalo que ficou conhecido como “Calciopoli”, assim como a Fiorentina e a Lazio. Os três clubes rebaixados para a Série B do Campeonato Italiano em primeira instância, mas após apelações das equipes, apenas a Juventus permaneceu na Série B na temporada seguinte. Além disso, os dois últimos títulos da Velha Senhora no campeonato nacional foram tirados do clube. 

Nesta época, começaram a surgir rumores de que Buffon iria deixar a Juventus, mas o goleiro decidiu ficar e jogar a Série B. Esta atitude firmou ainda mais a posição de ídolo do clube. 

A temporada 2006-07 começou com a Juventus tendo nove pontos negativos, por causa do escândalo “Calciopoli”. A equipe conquistou a Série B e Buffon assinou uma extensão de contrato com o clube para até 2012.

O retorno da Juventus para a elite do futebol italiano aconteceu na época em que os rivais Milan e Internazionale viveram suas melhores fases na Europa. Mas na década seguinte, o clube voltou a dominar na Itália.

Entre os anos 2012 e 2018, a Juventus foi campeã de todas as edições do Campeonato Italiano, venceu quatro Copas da itália consecutivas e três Supercopas da Itália. Buffon foi essencial em todas as campanhas do clube. 

Em julho de 2018, enquanto muitos especulavam sobre sua aposentadoria, Buffon surpreendeu e assinou por uma temporada com o Paris Saint-Germain. Esta foi a primeira vez em que o goleiro jogou em um clube não italiano.

Com 25 partidas pela equipe, Buffon ajudou o PSG a ser campeão do Campeonato Francês e da Supercopa da França. Entretanto, um ano depois o goleiro anunciou a sua saída do clube.

Retornou para a Juventus em julho de 2019, e se tornou o jogador italiano com mais partidas por clubes, com uma incrível marca de 903 jogos. Com isso, superou outro ídolo italiano,Paolo Maldini, que disputou 902 partidas pelo Milan. Durante toda a carreira na Juventus, Buffon venceu 19 títulos com o clube. É o segundo jogador com mais partidas pela Velha Senhora.

Buffon é um jogador importante na Seleção da Itália. Jogou na equipe olímpica e nas categorias de base, e venceu o Campeonato Europeu de Futebol Sub-21, em 1996. No ano seguinte foi convocado para a Seleção principal e esteve entre os jogadores que foram para a Copa do Mundo de 1998, mas não chegou a jogar, pois até então, o goleiro Gianluca Pagliuca era o titular da equipe.

Na Copa do Mundo de 2006, Buffon era titular absoluto e conseguiu a marca de ficar cinco jogos sem tomar gol, e durante toda a competição, tomou apenas dois gols. A Seleção Italiana conquistou o quarto título do Mundial, e o primeiro de Buffon com a equipe principal da Itália.

Outro marco importante de Buffon na Seleção Italiana foi o vice-campeonato na Eurocopa 2012, onde o goleiro brilhou, mas não conseguiu garantir a vitória da equipe. Anunciou que deixaria a seleção em 2017, após a Itália não conseguir a classificação para a Copa do Mundo de 2018, mas a pedido de Roberto Mancini, atual treinador da equipe, retornou para a seleção em 2018.


Artigos relacionados a Gianluigi Buffon