Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz

Casagrande (Jogador de Futebol)

Casagrande em foto postada em seu Instagram
Casagrande em foto postada em seu Instagram - Ramón Vasconcelos
Nome CompletoWalter Casagrande Júnior
Como/pelo que é mais conhecidoJogador de Futebol
Data Nascimento15/04/1963
61 anos
Local NascimentoSão Paulo, Brasil
Facebook Oficial Casagrande
Twitter Oficial Casagrande
Instagram Oficial Casagrande
Wikipedia Casagrande

Nascido em 15 de abril de 1963, Walter Casagrande Júnior, também conhecido como Casagrande ou simplesmente Casão, foi um jogador de futebol e atuava como atacante.

Carreira

Natural de São Paulo, foi revelado pelo Corinthians, e iniciou sua carreira em 1980, quando tinha apenas 17 anos. Contudo a oportunidade no Timão se esvaiu quando, em 1981, teve um desentendimento com o técnico Oswaldo Brandão e foi emprestado para a Caldense. Em 1982 voltou a compor o elenco alvinegro e fez parte da 'Democracia Corintiana', movimento que envolvia o esporte e a política, e em que os jogadores se revoltaram e fizeram uma rebelião no estádio.

Depois de uma boa passagem pelo clube, o atacante foi emprestado ao São Paulo, em 1984, mais uma vez por desagradar o treinador que, dessa vez, era Jorge Vieira. O jogador, que era atacante de ofício, teve que atuar improvisado de meia direita, já que o Tricolor tinha Careca como referência no ataque. Apesar de ter feito uma boa temporada, em 1985 Casão já estava de volta ao clube que o revelou.

Em 1986 foi convocado por Telê Santana para representar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, mas foi colocado na reserva, como substituto de Careca e Muller, que comandava o ataque. Um pouco mais tarde, no mesmo ano, após a eliminação nas quartas de final com o Brasil, Casagrande foi contratado pelo Porto, de Portugal e, em 1987, foi campeão da Champions League com a equipe.

Após um ano de sua contratação, deixou a equipe portuguesa, que lhe deu o maior título da sua carreira, para se transferir para a Itália. Primeiro, foi para o Ascoli, onde pode se desenvolver como jogador, mas os resultados não foram tão positivos. E então, em 1991 foi contratado pelo Torino, onde teve sua melhor fase na carreira.

Com o vice da Copa da UEFA, marcando dois gols na final contra o Ajax, e o título da Coppa Itália na temporada de 1992-93, Casão teve sua melhor passagem por um clube. Na equipe de Turim, o atacante brasileiro fez parceria com Enzo Scifo e com o atacante Gianluigi Lentini.

Em 1993, o jogador voltou a atuar no Brasil, dessa vez pelo Flamengo. Em mais uma passagem curta, Casão balançou a rede sete vezes em 35 jogos. Na partida contra o Corinthians, no Pacaembu, o atacante foi ovacionado e a torcida pediu que ele voltasse a atuar pelo clube do coração. 

No ano seguinte, Casão atendeu ao pedido e voltou a vestir a camisa alvinegra. Depois de muitas idas e vindas, em sua quarta vez pelo clube, o jogador alcançou a marca de 256 jogos e 103 gols marcados.

Vida Pessoal

Casagrande não esconde de ninguém os problemas que teve em relação à dependência química. Em 2007, ele capotou o carro depois de ter ficado dez dias sem dormir ou comer, e sob o efeito de cocaína, misturada com calmantes e remédios para pressão. 

"Eu estava com um aspecto deplorável, pesando setenta quilos, furado dos pés à cabeça, com furúnculos pelo corpo todo. (...) Tive uma overdose de droga injetável - cocaína e heroína - na frente do meu filho". , contou em seu livro. 

Casão usou drogas por 37 anos. Aos 42 anos teve sua primeira das quatro overdoses. Viveu surtos psicóticos com visões do demônio, depressão, várias recaídas e problemas na família. A dependência acabou com um casamento de 20 anos e ainda faz com que ele tenha uma relação distante com filhos e netos.

Apesar de inúmeras dificuldades, Casão tirou força para superá-las e atualmente, sempre que tem a oportunidade, ajuda e aconselha da forma que pode aqueles que passam pelas mesmas coisas que ele já passou.


Artigos relacionados a Casagrande

Casagrande disparou contra Diniz após a derrota do Brasil - Getty Images
Casagrande detonou a postura de Neymar - Reprodução / Instagram - GettyImages
Daniel Alves ainda nega todas as acusações contra ele - GettyImages
Casagrande segue criticando Neymar - GettyImages - Transmissão TV Globo
Casagrande acompanhou a final da Copa diretamente do Lusail Stadium - Reprodução / Instagram
Casagrande não gostou nada das falas recentes de Ronaldo - Reprodução / Instagram
Casagrande segue dando seus pitacos durante a Copa do Mundo - Reprodução / Instagram
Casagrande disparou duras palavras contra Neymar - Reprodução / Instagram - GettyImages
Casagrande não gostou das escolhas de Tite - Reprodução / Instagram
Casagrande surpreendeu e elogiou Neymar - Reprodução / Instagram
Casagrande pediu que o hexa seja conquistado pelo Brasil - Reprodução / Instagram
Casagrande disparou palavras contra Neymar - GettyImages - Transmissão TV Globo
Casagrande voltou a criticar Neymar - Reprodução / Instagram - GettyImages
Neymar nunca caiu nas graças de Casagrande - GettyImages - Transmissão TV Globo
Casagrande não gostou nada do encontro - Reprodução / Instagram
Pelé foi um dos craques que assinou as cadeiras do Pacaembu - Divulgação
Casagrande está fora da TV desde que deixou o Grupo Globo - Reprodução / Instagram
Casagrande disparou críticas contra Tiago Leifert - Reprodução / Youtube - Transmissão - TV Globo
Santos é o atual vice-líder do Brasileirão - Ivan Storti / Santos FC / Flickr
Casagrande não gostou da postura do técnico - Transmissão TV Globo