Sportbuzz
Testeira
Vôlei / SUPERLIGA FEMININA

Sesi-Bauru supera o Osasco e garante a terceira posição na Superliga

Em duelo direto para ver quem assumiria o terceiro lugar da Superliga Feminina, o Sesi-Bauru atropelou a equipe do Osasco, não dando chances para as adversárias

Redação Publicado em 21/02/2022, às 13h21

Jogadoras do Sesi-Bauru comemorando diante do Osasco pela Superliga Feminina - Transmissão SporTV
Jogadoras do Sesi-Bauru comemorando diante do Osasco pela Superliga Feminina - Transmissão SporTV

Em partida válida pelo returno dos confrontos da Superliga Feminina, em duelo direto na briga pela terceira posição na tabela de classificação, o Sesi-Bauru atropelou o Osasco por 3 sets a 0, com as parciais definidas em 25/22, 25/20 e 25/22), no ginásio Altos da Cidade, em Bauru, na última sexta-feira, 18.

Marcando 14 pontos na partida, o destaque da equipe do interior ficou por conta da oposta norte-americana Nia Reed. Do outro lado, pelo time da Grande São Paulo, a maior pontuadora foi a central Rachel Adams, já o troféu Viva Vôlei, de melhor jogadora do confronto ficou para a ponteira do Sesi-Bauru Sabrina Groth.

Canal - SportBuzz

Essa vitória foi mais do que fundamental para a equipe de Bauru, uma vez que mostrou a reabilitação da derrota sofrida para o Sesc-Flamengo na última rodada. Assim, o time foi para os 39 pontos e na terceira posição da Superliga. Já o Osasco sofreu sua segunda derrota seguida e está uma posição atrás, em quarto, com 34 pontos.

Agora, ambos os times voltam à quadra pela Superliga nesta terça-feira, 22, às 19h (horário de Brasília), quando o Sesi-Bauru visita o Brasília, no Sesi Taguatinga. Uma hora mais tade, às 20h (horário de Brasília), o Osasco, também como visitante pega o Valinhos, no ginásio Vereador Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos.

Jogadoras de Sesi-Bauru e Osasco na Superliga Feminina
Jogadoras de Sesi-Bauru e Osasco na Superliga Feminina (Crédito: Transmissão/Sportv)

 

O jogo

A partida começou bem equilibrada, até que as donas da casa conseguiram uma boa margem de 9 a 7 depois de um ace de Dani Lins. No entanto, essa vantagem não durou muito, e logo o Osasco voltou a colocar o confronto de igual para igual. Um exemplo disso foi uma série de erros da equipe da Grande São Paulo, que permitiu que o Sesi-Bauru colocasse 17 a 13 no placar.

Essa diferença, o Osasco conseguiu buscar, mas no final, o bloqueio do Sesi-Bauru funcionou muito melhor do que as adversárias pensaram, e a equipe comandada por Rubinho marcou mais dois pontos seguidos, conseguindo fechar o set em 25 a 22, para dar início as parciais ainda mais disputadas antes do final.

Na última parcial, o Sesi-Bauru aproveitou o toque do adversário na rede e dois bloqueios seguidos, com Mayany e Nia Reed, para chegar aos 20 a 14 e traçar melhor o caminho da grande vitória. O Osasco chegou a diminuir a diferença para dois pontos, mas ficou por aí e as donas da casa fecharam o set em 25 a 22 e o jogo em 3 sets a 0.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!