Sportbuzz
Testeira
Vôlei / SUPERLIGA FEMININA

Sesi-Bauru encaminha vaga no G4 da Superliga após vencer o Minas

Sesi-Bauru venceu o Minas pela terceira vez na temporada, e deu um passo importante para garantir seu lugar entre os quatro primeiros da Superliga Feminina

Redação Publicado em 07/03/2022, às 09h35

Sesi-Bauru comemorando diante do Minas na Superliga Feminina - Transmissão SporTV
Sesi-Bauru comemorando diante do Minas na Superliga Feminina - Transmissão SporTV

O Sesi-Bauru superou a equipe do Minas, de virada, no tie-break por 3 sets a 2, com as parciais definidas em 17/25, 25/17, 25/22, 18/25 e 15/9, no ginásio Altos da Cidade, em Bauru, em confronto válido pela primeira fase da Superliga Feminina. Essa é, inclusive, a terceira vez que as paulistas derrotam as mineiras na temporada.

Falando de destaque, a maior pontuadora da partida foi a oposta Nia Reed, do Sesi-Bauru, com 25 bolas lançadas ao chão. Do lado do Minas, o protagonismo ficou por conta da oposta Dani Cuttino, com 20 pontos anotados. Já o troféu Viva Vôlei, de melhor jogadora da partida, foi para a ponteira Thaisinha, do Sesi-Bauru.

Canal - SportBuzz

O jogo, inclusive, foi marcado também pelo retorno da central Thaisa, do Minas, que ficou fora de combate por mais de dois meses por conta de uma lesão na fíbula. Com mais essa vitória, o Sesi-Bauru chegou aos 44 pontos e voltou para a terceira posição na tabela de classificação, deixando o Osasco para trás, que tem 43. Já o Minas foi a 49 pontos e continua na vice-liderança.

Como próximo compromisso, válido pela penúltima rodada da primeira fase da Superliga Feminina, o Sesi-Bauru volta à quadra na segunda-feira, 7, às 21h (horário de Brasília), quando encara o Maringá, no ginásio Altos da Cidade, em Bauru. Já na terça-feira, 8, às 19h (horário de Brasília), é a vez do Minas receber o Osasco, na Arena Minas.

Sesi-Bauru e Minas na partida da Superliga Feminina
Sesi-Bauru e Minas na partida da Superliga Feminina (Crédito: Transmissão/Sportv)

 

O jogo

A primeira parcial ficou marcada pelos ataques precisos e uma pequena quantidade de erros para ambos os lados. Quando o Minas fez sua defesa se destacar diante de uma sequência de investidas do Sesi-Bauru, a equipe conseguiu aumentar a margem da diferença no placar para três pontos com relação ao adversário.

O confronto continuou seguindo esse estilo até que Rubinho pediu tempo para organizar a equipe, algo que não surtiu efeito. Embalando pontos em sequência, o Minas chegou a abrir 16 a 10, e contando com a boa distância, a equipe de Nicola Negro não passou por dificuldades para levar a partida até os minutos finais, fechando o set com a vitória por 25 a 17.

O segundo set contou com alguns ralis, e o Sesi-Bauru se aproveitou das diversas falhas que a equipe mineira cometeu para abrir 5 a 1. Com uma força bem mais intensas em quadra, as donas da casa administraram bem a vantagem até perto da metade do set, e mesmo com o Minas encostando, não ficaram atrás ou em igualdade no placar.

Já na reta final da partida, o Sesi-Bauru voltou a conseguir embalar uma boa sequência de investidas para cima do Minas, e com isso anotou sete pontos na frente das adversárias, administrando e ampliando o placar sem muitas dificuldades até conseguir fechar o set em 25 a 17, empatando o jogo.

O Sesi-Bauru chegou melhor no terceiro set, e até saiu na frente, abrindo 5 a 2 nos primeiros minutos. Com autoridade, as paulistas permaneceram em vantagem ao longo de todo o confronto. O Minas até chegou a encostar, mas as donas da casa se recuperaram na reta final, abrindo cinco pontos.

No entanto, uma boa sequência fez com que as mineiras voltassem a ficar apenas um ponto atrás, mas esse momento de oportunidade não foi muito bem aproveitado pelas visitantes, que cometeram um erro a partir de um saque de Adenízia, que acabou comprometendo a reação do time, e foi responsável por ver o Sesi-Bauru vencer o set por 25 a 22, virando o jogo.

No quatro set mais equilíbrio para a conta. O Minas só conseguiu ficar dois pontos na frente a partir do sétimo, depois de um ace de Carol Gattaz, e permaneceu em vantagem até a metade do confronto. O Sesi-Bauru buscou o empate, e na sequência, conseguiu a virada, abrindo 16 a 13 depois de uma ótima sequência.

A equipe visitante não se entregou ao resultado parcial, e de novo conseguiram buscar a igualdade, deixando a reta final do set ainda mais emocionante. Precisando fazer com que fosse para o tie-break, o Minas embalou uma sequência impressionante, e mandou o jogo para o set decisivo depois de vencer a parcial por 25 a 18.

Anotando quatro pontos seguidos com Thaisa, o Minas saiu na frente no tie-break. Porém, a situação mudou, e na sequência quem marcou sete pontos em seguida foi o Sesi-Bauru, o que o fez retomar a liderança. A partir daí, as donas da casa levaram bem as últimas ações e fecharam o set com tranquilidade em 15 a 9 e o jogo em 3 a 2.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!