Sportbuzz
Testeira
Vôlei / SUL-AMERICANO DE VÔLEI!

Praia Clube supera o Minas no tie-break, e leva título inédito do Sul-Americano de vôlei!

Praia Clube venceu o Minas por 3 sets a 2 e se tornou campeão do Sul-Americano de vôlei pela primeira vez

Redação Publicado em 26/10/2021, às 08h12

Jogadoras do Praia Clube comemorando depois da conquista do Sul-Americano de vôlei diante do Minas - Cristiano Andujar/Inovafoto/CBV/Fotos Públicas
Jogadoras do Praia Clube comemorando depois da conquista do Sul-Americano de vôlei diante do Minas - Cristiano Andujar/Inovafoto/CBV/Fotos Públicas

Nesta temporada, o Praia Clube chegou com tudo para mostrar que o Minas não vai ser mais uma pedra em seu sapato, mas sim ao contrário! Na noite desta segunda-feira, 25, as comandadas de Paulo Coco levaram o título inédito do Sul-Americano de vôlei.

No clássico mineiro, o Praia Clube superou o Minas por 3 sets a 2, com parciais de 25/17, 21/25, 25/17, 19/25 e 15/7, jogando no ginásio do Sesi Taguatinga, no Distrito Federal.

Essa conquista da equipe de Uberlândia não só é importante por ser a primeira da história, como também por ter derrubado uma sequência de títulos seguidos do Minas no Sul-Americano de vôlei, sendo que as três últimas edições foram levadas por elas.

Já falando desta temporada, esse título se tornou o terceiro que o Praia Clube conquistar sobre o Minas. Há uma semana, o time de Uberlândia levou o tetra da Supercopa Feminina de Vôlei, e dois dias antes faturou o oitavo troféu do estadual.

Mas claro que para chegar na decisão, o Praia Clube precisou superar outros adversários, e antes de poder gritar "é campeão", já tinha ganhado 3 sets a 0 as demais partidas contra Olímpia-PAR, Brasília e San Martín-BOL, fechando a competição com 11 pontos.

Segundo colocado, o Minas ficou com o vice, com 10 pontos somados.

Dessa forma, ambas as equipes mineiras serão as representantes sul-americanas no Mundial de Clubes de vôlei feminino. A competição deve acontecer entre os dias 15 e 19 de dezembro em Ancara, na Turquia.

Como próximo compromisso, Minas e Praia Clube voltam à ação na próxima sexta-feira, 29, na estreia pela Superliga Feminina.

O time de Uberlândia encara o Pinheiros em casa, na Arena Praia, enquanto o Minas também joga em casa, mas contra o Valinhos. Ambas as partidas estão marcadas para começar às 18h30 (horário de Brasília).

O jogo do título

Com cara de final, o jogo foi bem elétrico no início, com as equipes fazendo um confronto equilibrado. A vantagem do Praia Clube veio somente no primeiro set, quando Claudinha foi para o saque e o time de Uberlândia fez cinco pontos seguidos, abrindo 15 a 9.

Já na frente, o Praia se concentrou em controlar as ações, e fechou a parcial em 25 a 17, depois de um ataque da holandesa Anne, que explorou o bloqueio adversário.

A central Thaisa encaixou uma sequência de três pontos de saque, e o Minas abriu 5 a 1 logo de início. Porém, o Praia estava determinado, e reagiu rápido chegando a virar para 6 a 5.

Na sequência, a equipe de Belo Horizonte voltou a sair na frente, mas com o Praia sempre conseguindo encostar no placar. Já pelo fim, o time de Belo Horizonte foi bem no bloqueio e empatou a partida ao fechar a parcial em 25 a 21.

Já na terceira parcial, graças a grande atuação das irmãs Martínez e uma recepção atrapalhada do Minas, o Praia Clube deslanchou no início, e chegou a abrir 12 a 6. O time de Uberlândia continuou melhor, e chegou a ter uma diferença de dez pontos, com o placar em 20 a 10.

Foi depois de uma pancada de Brayelin Martínez, que o Praia Clube ganhou o terceiro set por 25 a 17.

No início do quarto set, o Praia conseguiu manter um bom ritmo, e abriu 10 a 6. Porém, o Minas não se abalou, e mostrou sua reação. O time de Belo Horizonte marcou nove pontos seguidos, virou e sobrou na reta final, fechando a parcial com seis pontos de frente, com 25 a 19.

O ponto decisivo veio em um ataque de Pri Dairot, que desviou no bloqueio.

Na finalíssima do tie-break, o Minas começou bem abrindo uma vantagem de 4 a 2, mas o Praia conseguiu responder rápido, virou e conseguiu fazer 8 a 5.

Mantendo uma apresentação consistente, a equipe de Uberlândia foi visivelmente superior no tie-break e liquidou o jogo em 15 a 7, depois de uma jogada rápida de Claudinha e a cortada da central Carol, que deu o título do Sul-Americano de vôlei ao Praia Clube.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!