Sportbuzz
Testeira
Vôlei / LIGA DAS NAÇÕES!

Brasil fecha a penúltima semana classificatória da Liga das Nações com vitória por 3 a 0 sobre a Austrália!

Seleção masculina do Brasil lidera a Liga das Nações com apenas uma derrota em 13 jogos disputados

Redação Publicado em 17/06/2021, às 12h18

Jogadores do Brasil comemorando mais uma vitória na Liga das Nações - Wander Roberto/CBV/Fotos Públicas
Jogadores do Brasil comemorando mais uma vitória na Liga das Nações - Wander Roberto/CBV/Fotos Públicas

Nesta quinta-feira, 17, o Brasil encerrou a penúltima semana classificatória da Liga das Nações masculina de vôlei com mais uma vitória. Desta vez, sobre o lanterna da competição, a Austrália, a Seleção Brasileira venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/22 e 25/12.

A equipe que está sob o comando de Carlos Schwanke, agora tem uma pausa para descansar, e volta à quadra na segunda-feira, 21, para a sequência da Liga das Nações, contra Itália, Alemanha e Rússia.

Líder da competição, o Brasil está com 12 vitórias e conheceu a derrota apenas uma vez até aqui, na partida diante da França.

Maurício Borges, um dos principais nomes do Brasil na Liga das Nações, e que fez uma bela partida, analisou essas quatro semanas de competição.

"Foi muito importante podermos mostrar em quadra o que estamos treinando, que estamos evoluindo e também mostrar que estamos prontos dentro e fora da quadra para ajudar", disse o ponteiro.

O jogo

 

Frente à frente com um adversário nada fácil de se bater, Carlos Schwanke começou o jogo com Bruno, Mauricio Borges, Isac, Alan, Douglas Souza, Flávio e Maique. Do outro lado, o também brasileiro Marcos Miranda escalou Smith, Dosanjh, O'dea, Mote, Graham, Garret e Perry.

Dessa forma, os australianos começaram o jogo com tudo, mantendo uma defesa mais consistente, acertando os contra-ataques e abrindo frente de três pontos no placar do primeiro set.

Apesar disso, o Brasil teve a paciência de se estabilizar e empatar o jogo em nove pontos. Em seguida, O'dea errou o ataque pelo meio, e colocou o Brasil na frente. Com 13 a 11 para o Brasil, Marcos Miranda pediu tempo para a Austrália.

Os australianos conseguiram empatar em 13 pontos. Porém, com melhor volume de jogo, o Brasil voltou a abrir frente, com bom desempenho de Maurício Borges e boas defesas de Maique.

Depois do ponto de Douglas e o placar de 21 a 15 para o Brasil, Marcos Miranda pediu tempo novamente, mas o Brasil fechou tranquilidade em 25 a 17.

O segundo set começou novamente com o Austrália na frente, o Brasil buscando o placar e empatando em seis pontos depois de uma ótima jogada entre Bruno e Maurício Borges. A Austrália voltou a abrir dois pontos depois de um bloqueio em Borges, mas os brasileiros recuperaram o ritmo, acertaram os contra-ataques e abriram em 14 a 12.

A Austrália se organizou melhor, forçou mais o saque e empatou em 17 pontos. No momento decisivo do set, a Austrália errou um ataque pelo meio e o Brasil voltou a ficar na frente.

Logo depois, eles empataram em 20 pontos, mas os brasileiros novamente se estabilizaram para fechar em 25 a 22, em um saque forçado de Isac.

Diferentemente dos dois primeiros sets, o Brasil começou o terceiro de forma arrasadora, colocando um quatro a zero com uma boa sequência de saques de Flávio. O Brasil foi para a primeira parada técnica com 8 a 3, e a vantagem só aumentou com a Austrália desestabilizada. 

Quando o placar estava em 18 a 8, Miranda pediu tempo de novo e pediu para os jogadores se divertirem em quadra. João Rafael também foi para o jogo, substituindo Borges. O Brasil fechou o set e o jogo em 25 a 12, com um ataque de Vaccari.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!