Sportbuzz
Testeira
Vôlei / FOI SUADO!

Brasil bate a Argentina de virada no segundo jogo do Sul-Americano feminino de vôlei!

Brasil acabou perdendo o primeiro set para a Argentina, mas deu a volta por cima no Sul-Americano feminino de vôlei

Redação Publicado em 17/09/2021, às 08h37

Jogadoras de Brasil e Argentina no Sul-Americano feminino de vôlei - Transmissão SporTV
Jogadoras de Brasil e Argentina no Sul-Americano feminino de vôlei - Transmissão SporTV

Foi só a segunda partida do Brasil no Sul-Americano feminino de vôlei, mas o suficiente para ser suada! Contra a Argentina, as brasileiras perderam o primeiro set, mas conseguiram dar a volta por cima, e fechar com 3 sets a 1, sendo parciais de 23/25, 25/13, 25/14 e 25/16.

Jogando na cidade colombiana de Barrancabermeja, o Brasil conseguiu esse triunfo de virada diante de uma Argentina sedenta por vitória. Mesmo que tenha encontrado dificuldades, não para por aí!

Já nesta sexta-feira, 17, o time comandando por José Roberto Guimarães pega o Chile às 19h30, (horário de Brasília), e o confronto pode ser acompanhado através do canal da TV fechada, pelo "SporTV2".

O Brasil começou a partida com Macris, Ana Cristina, Natália, Gabi, Carol, Gattaz e Nyeme, utilizando o mesmo time titular que entrou na estreia diante do Peru. Já a Argentina começou com Mercado, Sosa, Cossar, Bulaich, Farriol, Mayer e Rizzo.

O jogo

Primeiro set

Depois de um toque na rede de Ana Cristina, a Argentina abriu o placar, mas logo na sequência, a própria brasileira pontuou para deixar tudo igual. Tendo um bom volume de jogo, as argentinas demonstraram ter bastante força de ataque, especialmente com Mercado.

Utilizando do bom bloqueio, as adversárias chegaram a abrir 7 a 3. Mesmo tendo paciência para encostar no placar, o Brasil cometeu erros seguidos, e a Argentina voltou a se distanciar, fazendo 11 a 7 até que Zé Roberto pediu tempo.

Quanto mais erros as brasileiras cometiam, o placar ia ficando mais largo para as adversárias, que jogava encaixada, e abriu dois pontos de diferença, com um 18 a 16, até que o técnico Hernan Ferraro pediu tempo para esfriar o set. 

Com o placar batendo 21 a 18, as brasileiras voltaram a encostar e empataram em 23 pontos depois de um belo bloqueio de Ana Cristina, mas a Argentina superou no primeiro set, com 25 a 23 contando com oito pontos em erros do Brasil.

Segundo set

Totalmente diferente, o segundo set começou com o Brasil abrindo 4 a 0, e a Argentina já pedindo tempo no jogo. Mantendo um bloqueio consistente, as brasileiras abriram 8 a 0, e Ferrero pediu tempo novamente.

Ficando muito atrás no placar, as argentinas tentavam encostar, mas o Brasil fechou com tranquilidade em 25 a 13.

Terceiro set

Embaladas pela recuperação, o Brasil abriu 6 a 2 no terceiro set, fazendo com que o treinador argentino pedisse tempo novamente. As brasileiras mostraram um jogo mais encaixado, com melhor volume de jogo e os saques bem mais efetivos, o que resultou em bloqueios melhores.

Ferrero parou novamente o jogo com o placar marcando 11 a 5 para o Brasil, mas não conseguiu mais parar as brasileiras, que venceram mais uma vez com um placar de 25 a 14 depois de um erro de saque de Churín.

Macris começou acionando especialmente Ana Cristina e Gabi, as principais pontuadoras do time brasileiro. As adversárias até que tentaram não deixar as brasileiras despontarem no placar, mas não conseguiam armar contra-ataques diante do volume de jogo brasileiro.

Marcando 15 a 9, o técnico argentino pediu tempo, e com o passe na mão, Macris distribuiu bem as bolas e o Brasil passou sem grandes dificuldades pelo bloqueio argentino.

Quando o jogo estava em 22 a 12, Zé Roberto colocou Rosamaria para sacar. A oposta ainda se recupera de uma lesão no pé e por isso saiu na sequência. Sem encontrar dificuldade, as brasileiras fecharam o set e o jogo em 25 a 16, com uma bola de Lorenne.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!