Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz

Red Bull dá última chance a Sergio Perez para manter vaga e já tem novo nome em mente

Piloto terá 5 corridas para provar que merece permanecer na equipe, diz jornalista

Redação Publicado em 19/10/2023, às 15h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sergio Perez - Foto: Getty Images
Sergio Perez - Foto: Getty Images

Sergio Pérez enfrenta um grande desafio nas próximas cinco corridas da temporada de Fórmula 1 de 2023, já que sua permanência na equipe Red Bull está em jogo. Caso não consiga melhorar seu desempenho, a equipe estaria considerando encerrar seu contrato e trazer de volta Daniel Ricciardo. Isso abriria a porta para a chegada de Liam Lawson na AlphaTauri em 2024.

Segundo informações da versão italiana do site Motorsport, as últimas três corridas de Pérez resultaram em apenas cinco pontos, o que o coloca em uma posição complicada para assegurar seu lugar na equipe no próximo ano. Nesse mesmo período, apenas as equipes AlphaTauri, Haas, Williams e Alfa Romeo, juntamente com Lance Stroll, conseguiram acumular mais pontos.

Sergio Pérez enfrentou dificuldades notáveis na corrida em Lusail, especialmente devido a três infrações por exceder os limites da pista, resultando em um total de 15 segundos de penalização. Mesmo assim, Pérez conseguiu terminar em décimo lugar, no entanto, a reação de Christian Horner foi notavelmente mais severa do que em ocasiões anteriores, evidenciando uma crescente pressão sobre o desempenho de Pérez.

“Acho que realmente precisamos conversar com Checo porque sabemos do que ele é capaz, e ele não está em boa forma no momento. Precisamos desesperadamente que ele recupere essa forma para manter o segundo lugar no campeonato”, declarouHorner. “Foi frustrante vê-lo sair do fim de semana com apenas um ponto, e acho que ele poderia, mesmo largando no final do grid, ter tido a chance pontuar decentemente hoje”, concluiu, após o GP do Catar.

Em uma tentativa de superar os recentes resultados decepcionantes, Sergio Pérez dedicou três dias consecutivos ao trabalho no simulador da equipe Red Bull - algo que, como Christian Horner, chefe da equipe, destacou ao jornal britânico Mirror, ele nunca havia feito antes. Horner também mencionou que Pérez mostrou um bom progresso durante esse período, mas acrescentou que espera ver isso refletido no desempenho deste fim de semana.

Conforme a publicação italiana, a continuação de Sergio Pérez ao lado de Max Verstappen em 2023 ocorreu devido à falta de alternativas disponíveis.  Prova disso é que a equipe Red Bull optou por colocar o veterano Daniel Ricciardo na vaga de Nyck de Vries na AlphaTauri, em vez de promover alguém da sua academia de jovens talentos.

Tanto a lesão sofrida por Ricciardo em Zandvoort quanto sua ausência em cinco corridas prejudicou a avaliação precisa de Christian Horner e Helmut Marko, consultor da Red Bull, em relação ao desempenho e serviram como 'sobrevida' para Pérez.

*com colaboração de Savanna Machado