Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Mais Esportes / JIU-JITSU

Alunos de projeto de jiu-jitsu adaptado de Itaguaí-RJ dão show no Pan-Americano

Competidores fazem parte de projeto social que leva as técnicas e a filosofia da arte marcial a pessoas com deficiência

Redação Publicado em 05/06/2023, às 13h36

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Campeões encheram o público de orgulho - Divulgação
Campeões encheram o público de orgulho - Divulgação

O time de jiu-jitsu adaptado do projeto Itaguaí Ação, Esporte e Inclusão fez bonito no Pan-Americano da Sport Jiu-Jitsu South American Federation (SJJSAF), realizado no último final de semana em Deodoro, no Rio de Janeiro.

Liderados pelo professor André Seabra, sete representantes da equipe entraram no tatame para colocar em prática o que aprendem nos treinos, enchendo de orgulho não somente suas respectivas famílias, como também todo o município de Itaguaí.

“O balanço da participação dos alunos do projeto foi bastante positivo. Até mesmo aqueles com pouco tempo de treinamento conseguiram performar com a perfeição deles. Foi emocionante. Me deixaram muito orgulhoso", exaltou Seabra.

“Esse tipo de evento serve para mostrar que os PCDs (Pessoas com Deficiência) podem fazer as técnicas que são repassadas nas aulas. Para isso, é necessário dar meios para que eles possam se desenvolver", complementou o faixa-preta.

Em agosto deste ano a turma de jiu-jitsu adaptado do Itaguaí Ação, Esporte e Inclusão completa 1 ano de sua fundação. Apoiado pela Prefeitura, através da Secretaria de Turismo e Esporte, o projeto atende hoje cerca de 21 alunos.

“É muito importante o apoio do poder público nesse tipo de ação, permitindo que tenhamos acesso aos meios para que possamos levar conhecimento aos alunos. Ganham o aluno, a família e todos do entorno", afirmou o professor.

A seleção de jiu-jitsu adaptado de Itaguaí foi representada pelos campeões Ana, Bryan, Gustavo, Vinicius, João, Vitória e Thiago.

“Todos são exemplos de superação. Sou muito feliz e orgulhoso por poder fazer parte disso", destacou Seabra, que é diretor do jiu-jitsu adaptado da SJJSAF.