Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Mais Esportes / JIU-JITSU

Faixa-preta exalta momento da equipe Vision rumo ao Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJE

Objetivo do time é mudar vidas por meio da arte suave

Redação Publicado em 20/06/2023, às 11h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Equipe conta com diversas promessas da arte suave - Divulgação
Equipe conta com diversas promessas da arte suave - Divulgação

Faixa-preta desde 1998 e praticante de Jiu-Jitsu há 45 anos, Paulão Rezende hoje é um dos líderes da equipe Vision, fundada a partir de uma parceria com o Qatar - através do também faixa-preta Fabrício Moreira - e que visa mudar vidas por meio da arte suave.

Sua história formando campeões nos tatames e na vida, porém, começou lá atrás, através do projeto Casa do Atleta, criado em 1994, em Varginha, Minas Gerais, para atletas de alto rendimento. Na época ainda faixa-marrom, o paulista Paulão Rezende teve como primeiro pupilo o casca-grossa Reinaldo Ribeiro, campeão mundial nas faixas coloridas.

"Depois que eu deixei o Rio de Janeiro e vim para Minas Gerais, convidei o professor Marcelo Telo, da Kyoto, que me ajudou e comecei a primeira Casa do Atleta. Em 1996 deixei Varginha para morar em Poços de Caldas, também em Minas, o que me ofereceu uma perspectiva de crescimento na formação de atletas. Comecei outra Casa do Atleta com o Reinaldo, Erick Cardo e Marcelinho Garcia, todos campeões. Dali pra frente foi só alegria e conseguimos formar vários outros campeões", relembrou Paulão, que começou no esporte com os mestres Fernando Pinduka e Otavio Peixotinho, antes de se juntar a Leonardo Castello Branco.

Hoje aos 62 anos de idade, Paulão Rezende tem no seu currículo ainda a formação dos faixas-preta Matheus Diniz, Rodnei Barbosa, Thalyta Silva e Brígida Carvalho, do faixa-marrom Helder Tropeço, entre outras jovens promessas.

"Há 6 anos conheci o Fabrício Moreira, que liderava um mega projeto no Qatar para o exército. Ele tem o mesmo sonho que eu, transformar vidas através da Casa do Atleta, e depois dessa parceria decolamos. Eles arcam com o aluguel e custeiam viagens para as principais competições de Jiu-Jitsu do mundo. Éramos Qatar BJJ, mas trocamos para Vision, com a Casa do Atleta de Poços de Caldas sendo um pilar fundamental para o início da equipe".

Atualmente, a Vision conta com dezenas de filiais espalhadas mundo afora, e com o auxílio de Neo Barbosa em Portugal e Tacio Carneiro no Qatar, além do trabalho de Paulão Rezende no Brasil, o objetivo é seguir crescendo. Para isso, a equipe vai marcar presença no Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo da CBJJE, que acontece dias 23, 24 e 25 de junho, no Ginásio Mauro Pinheiro, em Ibirapuera, São Paulo.

"O Brasileiro da CBJJE é um grande campeonato e estou com o Moisés Muradi desde o início, sou um grande amigo da família toda. Vamos levar uma quantidade razoável de atletas e, como sempre, esperamos ótimos resultados. A nossa equipe vem crescendo muito e conseguindo excelentes títulos. Nomes como o Tio Chico na Baixada, Carlos Holanda em Manaus, entre outros professores, como o Feijão da Nova União, fortalecem demais o time", encerrou.