Sportbuzz
Vitrine / Esportes

Vela: a história do esporte que mais deu medalhas de ouro para o Brasil na história das Olimpíadas

Conheça mais sobre a origem do esporte que já rendeu 8 medalhas de ouro para o Brasil

Rafaela Bertolini Publicado em 05/08/2021, às 15h38

Conheça mais sobre da Vela, modalidade que mais deu medalhas de ouro para o Brasil - Reprodução/Amazon
Conheça mais sobre da Vela, modalidade que mais deu medalhas de ouro para o Brasil - Reprodução/Amazon

O clima de Olimpíadas ainda está no ar! Na última terça-feira, dia 8, as brasileiras Kahena Kunze e Martine Grael foram a dupla vencedora da Vela, garantindo a oitava medalha de ouro na modalidade para o país. No total, o Brasil já levou 19 medalhas no esporte, sendo 8 de ouro, 3 de prata e 8 de bronze. Com essa vitória, a Vela tornou-se a prática que mais trouxe medalhas para o país na história dos Jogos Olímpicos. Incrível, né?

Segundo o site da Confederação Olímpica Brasileira, as competições de Vela nas Olimpíadas possuem entre 10 e 12 regatas (provas) que variam conforme a classe, e um medal race que oferece pontuação dobrada aos atletas. No entanto, ao contrário das outras modalidades, o ganhador é aquele que acumular menos pontos. As classes são definidas pelas dimensões das embarcações, que devem ser idênticas, fazendo com que o resultado seja exclusivamente pelo talento e estratégia dos competidores. O objetivo é ultrapassar primeiro a linha imaginária de chegada feita por dois barcos.

A história da Vela

Segundo a Rede do Esporte, a modalidade, que até os anos 2000 levava o nome de “iatismo”, estrearia nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 1896. No entanto, devido às condições climáticas desfavoráveis e a falta de participantes, a modalidade teve sua estreia adiada para a edição seguinte dos jogos, em Paris, no ano de 1900. Já a primeira medalha de ouro para o Brasil foi conquistada em Moscou, em 1980.

De acordo com a Rede do Esporte, a Vela surgiu no século XVII, na Holanda, com um tipo de embarcação chamada “jaghtstchip”. Utilizada para pequenas viagens internas de fins comerciais, a embarcação acabou atraindo a atenção de Carlos II, rei da Inglaterra que, na época, estava exilado na Holanda. Quando retornou ao seu país, o rei realizou algumas melhorias no jaghtstchip e, logo, tornou-se um dos grandes incentivadores do iatismo na Inglaterra.

No entanto, o primeiro clube de vela, o Royal Cork Yatch Club, nasceu na Irlanda em 1720 e teve sua primeira regata realizada 29 anos depois de sua criação. A Inglaterra somente criou o seu primeiro clube, o Royal Thames Yatch Club, 50 anos depois na cidade de Londres. A primeira regata internacional, a Hundred Guineas Cup, só viria a ocorrer no século seguinte, em 1851.

O desporto somente se espalhou pelo mundo com a sua chegada nos Estados Unidos e com a criação do New York Yatch Club, em 1844. Logo depois, em 1907, foi criada a União Internacional de Corrida de de Iates (IYUR), agora batizada de Federação Internacional da Vela (ISAF), para administrar o esporte globalmente.

A vela chegou ao Brasil no final do século XIX, com os descendentes de europeus. Em 1906, logo no início do século XX, foi fundado o primeiro Iate Clube Brasileiro, no Rio de Janeiro. No entanto, a Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) só foi fundada depois de 40 anos da fundação do clube e seis anos após a primeira regata nacional de 1935. Ela controlou o esporte no país até 2007, quando a guarda foi passado para o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) devido ao acúmulo de dias. Somente em 2013 foi criada a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) para administrar o esporte no país.

Quer saber mais sobre a história da vela? Selecionamos 3 livros para você conhecer as técnicas e a história do esporte. Confira e aproveite:

1. Vela Esportiva Brasileira (Murillo Novaes): https://amzn.to/3lweB7O

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

2. Vela de Recreio - Manual de Afinações (Ivar Dedekam): https://amzn.to/2VqVktQ

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

3. Clássicos do Iatismo - Brasil (Antonio Luiz De Souza Mello Netto): https://amzn.to/3fvYm6H

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e o Sportbuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2DkjlK7
Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/31OhVkw

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!