Sportbuzz
Vitrine / Esportes

Skate: confira a história do esporte que acabou de estrear nas Olimpíadas

Saiba mais sobre a nova modalidade olímpica e conheça produtos para começar a praticar

Rafaela Bertolini Publicado em 26/07/2021, às 18h21

Conheça a história do skate e confira produtos para começar a praticar - Reprodução/Amazon
Conheça a história do skate e confira produtos para começar a praticar - Reprodução/Amazon

O primeiro fim de semana das Olimpíadas de Tóquio 2020 marcou a estreia do Skate Street como uma modalidade de competição no evento, e o assunto tornou-se um dos mais comentados da internet. Nas madrugadas de domingo (25) e segunda-feira (26), o Brasil vibrou com a subida de dois brasileiros no pódio: Kelvin Hoefler, de 27 anos, e Rayssa Leal, de 13 anos, conquistaram medalhas de prata em suas categorias. Além disso, Rayssa tornou-se a atleta brasileira mais jovem a ganhar uma medalha olímpica na história!

De acordo com a Federação de Skate do Paraná, o Skate surgiu nos Estados Unidos durante a primeira metade do século XX como um derivado dos patins e patinetes. Mas ele só começou a se popularizar no final dos anos 50, quando, na falta de ondas no litoral da Califórnia, os surfistas locais tentaram imitar as manobras de Surf no asfalto, juntando rodas e eixos em pranchas de madeira. A prática ficou conhecida como sidewalk surfing (surf de calçada), que rapidamente se espalhou pelo país, chegando a ser comercializado no início da década de 60. Com o tempo, o esporte ganhou sua própria identidade, deixando seu nome antigo de lado para ser chamado de Skateboard.

Após o surgimento dos primeiros campeonatos de skateboard e sua consolidação como uma atividade popular, o skate passou por algumas transformações em seu formato, a fim de aperfeiçoar a performance dos atletas. Na década de 70, as rodas de poliuretano, criadas por Frank Nashworthy, revolucionaram o esporte, possibilitando melhor equilíbrio, velocidade e precisão na hora de praticá-lo, além de ser essencial para a criação de novas manobras. Na mesma década novas modalidades surgiram, entre elas o Freestyle, Vertical, Downhill e Slalom, fazendo com que a quantidade de praticantes aumentasse e, consequentemente, novos lugares específicos para a sua prática - como pistas e parques. Apesar de terem sido muito importantes para os novos estilos, os skate parks foram vistos como algo negativo devido aos inúmeros acidentes. Muitas empresas e parques faliram e fecharam durante essa época, fazendo com que a prática adquirisse uma conotação negativa e rebelde, ligada ao Punk e o New Wave.

Dez anos depois, já na década de 80, o “faça você mesmo” chegou até o mundo do skate com o crescimento das rampas caseiras de madeira após a crise do esporte na década anterior. O Street começou a ser praticado em corrimões, paredes e escadas como um improviso pela falta de pistas. Nessa década, a cultura do skate também foi deixada de ser associada com o Punk, tomando influências do Hip Hop e cultura urbana no lugar.

Foi só nos anos 90 que o skate passou a deixar de ser apenas um esporte popular e se tornou um esporte profissional, com grandes e poderosas manobras e melhora nos equipamentos. Tony Hawk, que é conhecido como o maior skatista de todos os tempos, contribuiu muito com a mudança de chaves ao revolucionar a modalidade com seus aéreos e flips. A sua presença em video-games também foi essencial para o aumento da sua popularização, que estava em decadência devido a sua conotação negativa vindas das duas últimas décadas.

Com a chegada do século XXI, o mercado do Skate não entra em crise e somente se fortalece, chegando a ser profissional e estruturado, com o surgimento de shows e competições com transmissões ao vivo pelas principais redes de TV no mundo. O esporte cresceu tanto que foi o suficiente para ser inserido no cenário musical e cinematográfico.

Ele mantém-se firme até hoje, quando finalmente foi reconhecido e incluído como uma modalidade no maior evento multiesportivo do mundo, as Olimpíadas. Sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio foi emocionante para os fãs do esporte, trazendo a diversidade e profissionais incríveis para o olho de milhões de pessoas, que estavam em casa vibrando em espera pela vitória do representante do seu país.

Os skatistas Leticia Bufoni, Pâmela Rosa, Rayssa Leal, Felipe Gustavo, Giovanni Vianna e Kelvin Hoefler nos representaram na modalidade street, o que já garantiu duas medalhas de prata para o Brasil. Já Dora Varella, Isadora Pacheco, Yndiara Asp, Luizinho Francisco, Pedro Barros e Pedro Quintas estão nos representando na modalidade park, que será disputada no início de agosto.

Ficou com vontade de começar a praticar a modalidade depois de se inspirar com esses profissionais maravilhosos do nosso país? Selecionamos alguns produtos básicos para iniciantes na Amazon para você começar a se aventurar pelo esporte. Confira e aproveite seu passeio de skate:

1. Skateboard Iniciante Completo Madeira, Astro Mix: https://amzn.to/2VgUPlq

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

2. Skate Montado Profissional Yoda 8”, Cisco Skate: https://amzn.to/3kZpfUo

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

3. Skate Montado Profissional, Solo Decks: https://amzn.to/3eZDNQ2

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

4. Kit Proteção, Mormaii: https://amzn.to/3eZzZhE

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

5. Kit de Proteção Azul Chamas, Mimo Style: https://amzn.to/3i37DFe

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

6. Capacete Esportivo Coquinho Regulável, Atrio: https://amzn.to/3BIpZTA

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

7. Ferramenta Multifuncional Para Skate, Mor: https://amzn.to/3iJfUNG

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

8. Suporte Apoio Gancho Skate Longboard Parede, Splin: https://amzn.to/3kW2Ua3

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

9. Cruiser de Plástico, Coca-Cola: https://amzn.to/3j6HgO7

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

10. Skate Cruiser Minions One Eye Maple, RicBrinc: https://amzn.to/3zDdFSN

Reprodução/Amazon
Reprodução/Amazon

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e o Sportbuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2DkjlK7
Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/31OhVkw

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!