Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Tênis / ROLAND GARROS

Roland Garros: Zverev bate Alcaraz e está nas semifinais

Zverev levou a melhor sobre Alcaraz em Roland Garros e se classificou para a penúltima etapa da disputa; alemão enfrenta o vencedor entre Nadal e Djokovic

Redação Publicado em 31/05/2022, às 16h10

Alexander Zverev em Roland Garros - Getty Images
Alexander Zverev em Roland Garros - Getty Images

Nesta terça-feira, 31, Alexander Zverev e Carlos Alcaraz se enfrentaram em Roland Garros, o Grande Aberto da França. O alemão conquistou a vitória por 3 sets a 1 (6/4, 6/4, 4/6 e 7/6), em uma partida de três horas e 18 minutos de duração. Agora, Zverev aguarda para saber quem enfrentará nas semifinais: o vitorioso no duelo entre Rafael Nadal e Novak Djokovic.

A vitória foi a primeira de Alexander sobre um tenista que está nas primeiras posições do ranking mundial (Alcaraz ocupa o 6º lugar) em um contexto de Grand Slam. Os adversários já haviam se encontrado no Masters 1000 de Madri, pela decisão do torneio, em que o jovem de 19 anos conquistou o título.

CANAL - SPORTBUZZ:

"Espero poder vencer antes que ele comece a derrotar todos nós e não tivermos mais chances", brincou o alemão após o embate. "A partida estava virando para o lado dele. Estou extremamente feliz por ter vencido o tie-break". Antes do confronto, o número 3 do mundo havia dito que o espanhol tem sido “beneficiado” no Grande Aberto francês.

“É muito interessante ver que Alcaraz consegue o que quer. Todos nós já jogamos algumas vezes na quadra Suzanne Lenglen. Eu três vezes, Novak duas vezes, até Rafa. Mas Alcaraz joga todas as partidas na Philippe Chatrier. Entendo que ele é o novo e excitante mega talento no tênis. Eu ainda sou o número 3 do mundo, mas isso não é nada sobre mim”, alfinetou Zverev.

Zverev em Roland Garros
Zverev em Roland Garros (Créditos: Getty Images)

O tenista ainda havia completado, em declarações ao “Eurosport Alemanha”: “Nós (Alcaraz e eu) temos Novak e Rafael do nosso lado no torneio. É normal, se eles estão do seu lado na chave, que consigam o que querem, e tudo bem. Um deles ganhou 20 Grand Slams, o outro 21. Estão certos e está tudo bem para mim. Mas eles precisam abrir espaço, para que outra pessoa possa jogar na quadra principal que ainda não o tenha feito várias vezes”.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!