Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Tênis / O QUE?

Roland Garros faz proibição para torcedores após reclamações de jogadores

Iga Swiatek, tenista número 1 do mundo, precisou pedir respeito de torcedores; belga David Goffin afirmou ter levado cusparada no Roland Garros

Redação Publicado em 30/05/2024, às 19h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Iga Swiatek - Getty Images
Iga Swiatek - Getty Images

A organização do Roland Garros decidiu por banir a venda de bebidas alcoólicas nas arquibancadas do torneio em 2024. A decisão foi tomada depois de alguns jogadores reclamarem do comportamento dos torcedores durante as partidas da atual temporada.

O belga David Goffin revelou ter levado uma cusparada durante seu jogo contra o francês Giovanni Mpetshi Perricard e exigiu que medidas fossem tomadas pela organização do evento parisiense. O jogador chegou a ser vaiado depois de vencer o tenista local, reagindo de forma irônica ao pedir mais barulho. “Claramente está indo longe demais. É desrespeito total. Está começando a ficar ridículo. Algumas pessoas estão aqui mais para causar problemas do que para criar um bom ambiente. Está virando futebol. Em breve teremos hooligans, bombas de fumaça e brigas”, disparou.

Nem mesmo a número 1 do ranking mundial, Iga Swiatek, escapou. A polonesa reclamou do comportamento dos torcedores durante a partida contra a japonesa Naomi Osaka. “Eu sei que estamos jogando para vocês, mas quando vocês gritando algo durante o jogo, é realmente difícil de se concentrar. Se vocês puderem nos apoiar antes dos pontos, mas não durante, seria incrível. Estamos lutando por nossas vidas, isso é sério para nós”, afirmou a tenista.

Através de um comunicado, a Federação de Tênis da França pediu para que os torcedores mostrassem “respeito total para todos os jogadores”. Além disso, a organização do Roland Garros prometeu aumentar a segurança nas quadras e identificar quem cuspiu em Goffin. A proibição de bebida alcoólica é algo inédito em Grand Slams. Todos os outros campeonatos da categoria permitem seu uso nas arquibancadas.