Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Tênis / MERECIDO

Roland Garros: Djokovic abre o jogo sobre derrota para Nadal

Número 1 no ranking mundial, Djokovic foi sincero sobre o revés sofrido diante de Nadal pelas quartas de final em Roland Garros; espanhol enfrentará o alemão Zverev

Redação Publicado em 01/06/2022, às 16h58 - Atualizado às 17h38

Djokovic e Nadal (E/D) - Getty Images
Djokovic e Nadal (E/D) - Getty Images

Novak Djokovic quebrou o silêncio sobre Rafael Nadal em Roland Garros e a derrota que sofreu para o espanhol nas quartas de final da competição. Assim, o sérvio perde mais uma chance de conquistar o seu 21º Grand Slam, enquanto o "Rei do Saibro", o maior na estatística, pode faturar o seu 22º; só no Grande Aberto da França, Nadal soma 13 títulos.

"Parabéns ao Rafa. Ele foi melhor do que eu nos momentos importantes. Começou muito bem, com 6/2 3/0 e duas quebras. Consegui voltar de lá e vencer o set, mas aí o Rafa fez dois ou três bons games no início do terceiro set e levou o tênis a outro nível, principalmente no início de todos os sets, exceto o quarto”, assumiu Djokovic.

CANAL - SPORTBUZZ:

O jogador ainda completou: "Tive minhas chances, sacando para o set neste quarto set, mas é uma partida que pode ir para qualquer um dos lados. Mostrou porque é o grande campeão que é, sendo mentalmente forte e terminando a partida como fez. Parabéns a ele e sua equipe. Sem dúvida, ele mereceu".

A ÚLTIMA?

Nadal protagonizou um verdadeiro jogão na última terça-feira, 31, diante de Djokovic em Roland Garros. A comemoração do espanhol tem mais significado do que a classificação em si, já que o tenista vem lidando com condições físicas difíceis, sendo praticamente obrigado a abandonar o Masters 1000 de Roma por conta de uma lesão crônica no pé.

Rafael Nadal em Roland Garros
Rafael Nadal em Roland Garros (Créditos: Getty Images)

Depois disso, nas últimas semanas, Nadal falou mais sobre as dores que são causadas pela Síndrome de Müller-Weiss, uma doença que causa a deformação de um osso no pé e dores durante a movimentação. Depois da partida contra o sérvio, o tenista espanhol disse não ter como garantir se vai jogar mais uma edição da competição em Paris.

"Eu tenho sido bem claro com o fato de que não sei o que pode acontecer [se será a última vez em Roland Garros]. Vocês sabem o que tenho no meu pé e, se não encontrarmos soluções, será bem difícil. Até o momento, não achamos, então eu me dou uma chance", disse Nadal antes de completar seu desabafo sobre o futuro.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!