Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Tênis / EITA!

Rafael Nadal revela medidas extremas para jogar Roland Garros

Rafael Nadal conquistou o seu 14º Roland Garros na carreira, mas revelou que tomou medidas drásticas para conseguir entrar em quadra no torneio

Redação Publicado em 05/06/2022, às 16h20

Rafael Nadal jogou Roland Garros com o pé dormente - Crédito: Getty Images
Rafael Nadal jogou Roland Garros com o pé dormente - Crédito: Getty Images

Na manhã deste domingo, 5, Rafael Nadal conquistou seu 14º título de Roland Garros ao bater Casper Ruud na grande final. Dominando grande parte da partida, o tenista espanhol venceu o norueguês por 3 sets a 0 (6-3/6-3/6-0), mas revelou que teve que fazer grandes sacrifícios para conseguir entrar em quadra durante o torneio.

Em entrevista concedida ao 'Eurosport', Nadal revelou que teve que jogar o torneio com o pé anestesiado devido às dores causadas pela Síndrome de Müller-Weiss. Em seu pronunciamento, o espanhol foi muito claro, dizendo: "Não tenho nenhuma sensação no meu pé. Tomei uma injeção no nervo, então o pé está dormente".

CANAL - SPORTBUZZ 

O diagnóstico

O espanhol foi diagnosticado com Müller-Weiss em 2005, quando começou a sentir fortes dores no pé. A doença, classificada com uma displasia do escafoide do tarso, é degenerativa e evolui de acordo com a deformidade desse osso do pé. A doença, que é difícil de se diagnosticar até que esteja no estágio avançado, prejudica um dos ossos essenciais para a mobilidade do pé.

Por isso, devido à grande dor sofrida, Nadal não teve outra escolha se não anestesiar o pé para poder ter um desempenho próximo à sua máxima capacidade. O númer de injeções recebidas não foi revelado, mas, ainda antes da partida, Rafael não exitou ao deixar claro que desistiria do título do torneio se pudesse ter um "pé novo".

Rafael Nadal vence Roland Garros
Rafael Nadal é recompensado por esforço e vence Roland Garros - Crédito: Getty Images

Para chegar ao título, além da luta contra o próprio corpo, Rafael Nadal precisou batalhar contra grandes tenistas. Primeiro, nas quartas de finais, o espanhol bateu Novak Djokovic, número um do mundo. Em seguida, se classificou para a final depois de bater o alemão Alexander Zverev em um W.O.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!