Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Tênis / UAU!

Djokovic vence em Wimbledon e chega a 1813 dias sem perder no torneio

Djokovic conseguiu superar Thanasi Kokkinakis pela segunda rodada de Wimbledon e permanece sem perder uma partida na competição de desde 2017

Redação Publicado em 29/06/2022, às 14h01

Djokovic, jogador de tênis - GettyImages
Djokovic, jogador de tênis - GettyImages

Djokovic está mantendo um recorde impressionante em Wimbledon. O tenista sérvio venceu Thanasi Kokkinakis por 3 sets a 0, com as parciais sendo definidas em 6/1, 6/3 e 6/2, e garantiu a sua vaga na terceira fase da edição 2022 do torneio. Por conta disso, e com mais uma vitória em seu currículo, ele chegou aos 1813 dias sem perder na competição britânica.

Para se ter uma ideia, a última vez que Djokovic não saiu do All England Club com vitória foi nas quartas de final da edição de 2017 de Wimbledon, quando precisou desistir por conta de uma lesão na partida contra o tcheco Tomás Berdych. Desde esse acontecimento, ele foi campeão nas três edições que rolaram, sendo que em 2020 não houve disputa por conta da pandemia.

Canal - SportBuzz

"Estou muito feliz. Muito obrigado a todos pelo apoio aos dois jogadores. Estou muito feliz com meu desempenho. Pelo meu lado, uma performance de alta qualidade. Você não pensa em número quando começa a jogar tênis. 99% das crianças que começam a jogar tem sonhos, acho que essa é a coisa mais importante. Eu lembro de quando era criança e o porquê comecei a jogar esse esporte", disse o tenista sérvio depois da partida.

Agora, e buscando ampliar ainda mais esse surpreendente recorde, Djokovic vai encarar na terceira rodada da competição o compatriota Miomir Kecmanovic, atual número 30 do ranking da ATP, que também venceu no seu confronto, superando o chileno Alejandro Tabilo na segunda rodada por 3 sets a 1, com as parciais sendo definidas em 7/6, 7/6, 3/6 e 6/3.

Djokovic em quadra durante a disputa
Djokovic em quadra durante a disputa (Crédito: GettyImages)

O confronto

Thanasi Kokkinakis começou a partida adotando um ritmo mais lento, e apesar de ter feito o primeiro ponto do jogo, que veio no saque de Djokovic, o australiano cometeu muitos erros, inclusive vendo a corda da raquete arrebentar e tendo sacado muito mal. Sem nada a ver com isso, Djokovic já abriu o set com uma quebra, e fez 3/0.

Essa vantagem se tornou ainda maior no terceiro game. Nele, o número 3 do mundo conseguiu forçar um triplo break, mas teve que encarar o rival salvando os três. Porém, no empate garantiu mais um game para ficar nos 5/1 e fechar o primeiro set na sequência. O adversário sacou melhor no primeiro game e deu mais trabalho para o sérvio.

Tendo ainda mais dificuldade de colocar o primeiro serviço na quadra, o australiano acabou sofrendo com as devoluções de Djokovic no segundo, e teve que ceder a vantagem na segunda etapa. O sérvio chegou a ter quatro set points durante o serviço adversário, mas ele se salvou com dois aces e fez com que o rival sacasse para o segundo set na sequência.

Nesse momento, ele tinha apenas uma quebra de vantagem, e garantiu também o segundo período. Djokovic abriu o terceiro set pronto a não dar qualquer possibilidade de reação para o adversário. Com uma quebra logo no primeiro game ficou na frente, e confirmando seus serviços venceu por 6/2 e se garantiu na terceira fase do torneio.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!