Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Tênis / AUSTRALIA OPEN!

Djokovic manda recado a rivais após título do Australia Open

Após levantar a taça do Australia Open, Djokovic fez um aviso aos seus adversários no esporte; sérvio conquistou o 22º Grand Slam e ‘empatou’ com Nadal

Redação Publicado em 30/01/2023, às 12h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Novak Djokovic levou a melhor no Australia Open - Getty Images
Novak Djokovic levou a melhor no Australia Open - Getty Images

No último domingo, 29, Novak Djokovic conquistou o título do Australia Open em final contra o grego Stefanos Tsitsipas. Assim, o sérvio também faturou o seu 22º Grand Slam, igualando-se a Rafael Nadal; o espanhol por sua vez, havia atingido a marca na última edição de Roland Garros. Após o triunfo, o veterano de 35 anos celebrou a sua trajetória na Oceania.

“Sinto grande orgulho e satisfação”, desabafou Djokovic. “Quando fui ao meu box, colapsei emocionalmente, especialmente quando abracei a minha mãe e o meu irmão. A lesão e outras coisas que aconteceram podiam me tirar a concentração, então afastei-me de tudo isso. Foi preciso uma enorme energia mental para me manter presente e concentrado”.

O jogador ainda completou: “Se voltar atrás no tempo, há duas semanas e meia, não achava que tinha grandes chances de ganhar o título pela forma como me sentia com a minha perna. Tinha de sobreviver a cada jogo. O bom dos Grand Slams é que temos um dia de descanso e isso permitiu que eu me recuperasse e fizesse todos os tratamentos que era preciso”.

Em relação ao recorde igualado com Nadal, Djokovic destacou que evita comparações. “Claro que estou motivado para ganhar tantos Grand Slams quanto possível. Nesta fase da minha carreira, esses troféus são o fator de máxima motivação pela qual eu jogo. Não gosto de me comparar com os outros, mas é um privilégio fazer parte da discussão para ser o melhor da história”, disse.

Djokovic bate Tsitsipas no Australia Open
Djokovic bate Tsitsipas no Australia Open (Créditos: Getty Images)

Fico lisonjeado por haver quem me veja assim. Veremos até onde posso chegar. Não quero parar, não tenho intenção de fazer isso. Sinto-me incrível com o meu tênis e sei que quando me sinto bem tenho chances de derrotar qualquer um. Não sei quantos anos ou Grand Slams vou jogar mais. Depende de várias coisas, não só do meu corpo. Tenho de ter clareza mental e aspirações para perseguir esses troféus. Sinto que ainda tenho tempo”.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!