Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Surfe / EXCLUSIVA - SPORTBUZZ!

Tatiana Weston-Webb cita pressão inédita e avalia aprendizado na WSL

Em entrevista exclusiva ao SportBuzz, Tatiana Weston-Webb falou sobre a disputa pelas finais e projetou a chegada de mais meninas no Mundial de Surf

Guilherme Assumpção Publicado em 27/05/2022, às 18h00

Tatiana Weston-Webb é a representante brasileira na categoria feminina do Surf - Divulgação
Tatiana Weston-Webb é a representante brasileira na categoria feminina do Surf - Divulgação

Nascida na cidade de Porto Alegre, a surfista Tatiana Weston-Webb demorou para se conectar com o Brasil após se mudar para o Havaí. Com apenas duas semanas de vida, a gaúcha viajou com a família para o templo do surf mundial e precisou buscar suas origens no ano de 2018 para usar a bandeira verde e amarela na sequência de sua carreira no esporte.

Hoje, Tatiana Weston-Webb é a única representante do Brasil na elite feminina do surf mundial e sabe da responsabilidade que tem ao encorajar mais meninas a sonhar com uma vaga na WSL. Aos 26 anos, a surfista quer ter papel importante na chegada de novos nomes no circuito e tem o objetivo de ser campeã do mundo para trazer mais visibilidade ao esporte.

CANAL - SPORTBUZZ:

Diante de mais uma etapa da WSL, que acontece a partir desta sexta-feira, 27, Tatiana Weston-Webb concedeu entrevista exclusiva ao SportBuzz e falou sobre o momento da carreira, contou a sensação de ter presenciado os cortes no meio da temporada e ainda revelou qual é seu maior sonho para o futuro dentro do esporte. Confira!

Vice-campeã do mundo no ano de 2021, Tati Weston-Webb tenta se colocar entre as líderes do ranking para sonhar com uma vaga na etapa decisiva. Para isso, a brasileira vai ter que ficar entre as cinco melhores atletas ao final da temporada. No momento, a gaúcha ocupa a décima posição e sabe que os resultados precisam já a partir do evento de G-Land, na Indonésia.

Tatiana Weston-Webb em ação
Tatiana Weston-Webb é a única representante brasileira na WSL (Crédito: GettyImages)

Apesar disso, Tatiana Weston-Webb aparenta estar muito tranquila neste momento com a pressão colocada em torno dos resultados. Porém, a surfista confessou que nunca se sentiu tão pressionada no surf com o corte imposto pela WSL no meio da temporada. Para explicar, apenas as dez melhores atletas se classificaram para a sequência do Tour.

"Os cortes no CT fortalecem a ideia de que é preciso manter o alto nível durante toda a temporada, mas foi uma pressão que eu nunca tinha presenciado, mesmo com a pressão por resultados sempre presente na nossa rotina. Por isso me cobro bastante para conseguir alcançar as melhores notas, mas vivenciar essa pressão, foi muito complicado. Estou sempre treinando, para quando chegar nesses momentos, estar preparada e confiante dentro das baterias...", contou Tati.

Questionada pela reportagem do SportBuzz, Tatiana Weston-Webb revelou que teve que mudar todo seu estilo durante as baterias para alcançar os resultados necessários. Por conta da forte pressão, a brasileira alterou seu comportamento para buscar as notas e vencer as disputas, mas deixou claro que sempre esteve preparada para os desafios.

"Os resultados dependem muito da performance que conseguimos realizar durante toda a bateria, é uma consequência. Porém, os cortes trouxeram uma pressão muito grande para todos, e tive que fazer resultados para passar o corte, mudou muito a minha performance. Nos anos anteriores, eu tive melhores resultados no começo. Mas, a postura é a mesma, pensamos em manter uma estratégia, mas pode ser necessário mudar durante a prova", detalhou a gaúcha.

Tatiana Weston-Webb saindo do mar
Tatiana Weston-Webb tem apenas 26 anos de idade (Crédito: GettyImages)

TATIANA WESTON-WEBB NAS FINAIS?

Com mais cinco etapas pela frente antes da definição das finalistas, Tati Weston-Webb quer se manter bastante tranquila para somar pontos e conquistar o título mundial. Ciente do que tem que fazer dentro das baterias, a surfista sabe que o importante é manter uma regularidade nos eventos para se colocar entre as líderes do ranking.

No entanto, uma vitória em especial pode ajudar Tati na sequência da temporada. Na etapa de Peniche, a gaúcha conquistou o título e somou pontos fundamentais para se classificar. Sobre o triunfo e também diante dos apredizados com o vice-mundial em 2021, Tatiana Weston-Webb apontou para os detalhes como algo preponderante.

Vencer uma etapa é muito importante, especialmente quando a vitória é emocionante, como foi em Peniche. Serve como motivação para a sequência das próximas etapas, vamos aprendendo com cada resultado, elevando o nível dentro da competição, as baterias foram intensas, mas a vitória final foi um momento de felicidade", avaliou Tati.

"Precisamos aprender com os resultados e muitas vezes eles são definidos por detalhes, o campeonato mundial de 2021 foi disputado até a última onda. Cada vez mais, tenho aprendido que foco e concentração são a chave para estar bem preparada durante toda a temporada, entro sempre com confiança nas etapas quando conquistamos vitórias importantes. Saber que posso chegar na final é motivador para continuar buscando vencer esse título", projetou.

Tatiana Weston-Webb posa para foto
Tatiana Weston-Webb quer ser inspiração para mais meninas (Crédito: Divulgação)

INSPIRAÇÃO!

Filha da bodyboarder gaúcha Tanira Guimarães e do surfista Doug Weston-Webb, Tati é a maior inspiração para as meninas que sonham entrar na elite do surf mundial. Única representante do Brasil na WSL, a atleta olímpica quer ser importante para a chegada de novos nomes no circuito, mas fez questão de pedir mais apoio para jovens talentos.

"Eu fico muito feliz em representar o Brasil, precisamos de mais visibilidade, incentivo para que outras também apareçam, gostaria que tivéssemos mais integrantes brasileiras competindo, temos muitas meninas talentosas, que podem também estar entre as melhores. Acho que ainda faltam incentivos pra isso, até das marcas, espero poder contribuir cada vez mais para essa visibilidade", pediu Tati.

VEJA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA COM TATI!

Projeção para as etapas!

-Entro em cada etapa para fazer o meu melhor, sempre com planos para vencer, precisamos manter a confiança em alta. O desempenho em cada etapa é muito importante para estar bem durante as competições, o pensamento é chegar forte e com confiança para disputar as finais da WSL. 

Aprendizados do início do ano!

- Cada etapa traz um novo aprendizado e as primeiras etapas são sempre as mais desafiadoras, temos que extrair as melhores lições das vitórias e também das derrotas. Concentrar o máximo para cada bateria, não desistir nunca, estar bem preparada mentalmente e fisicamente, são alguns pontos principais que podemos compilar como aprendizados nessas primeiras etapas.

Tatiana Weston-Webb saindo da bateria
Tatiana Weston-Webb é a atual vice-campeã do mundo (Crédito: GettyImages)

Meninas nas mesmas etapas que os meninos!

- É bem legal para nós competirmos as etapas no mesmo período, está sendo novo para todos, faz parte do crescimento e evolução do surf, fico muito feliz em estar participando desse momento especial. Estamos conectados pelo mesmo esporte, então é importante que todos consigam se ajudar, às vezes compartilhamos até análises das ondas, isso já faz você ter um desempenho diferente.

Sonho da carreira!

- Tenho o sonho de conquistar o campeonato mundial, após o vice em 2021, que ficou tão próximo, a vontade ficou ainda maior. enfim, tenho muitos sonhos para realizar, olímpiadas para disputar, muitas etapas para vencer, são realizações na carreira que precisam de muita disposição, e isso tenho de sobra. Estou vivendo um grande sonho, representar o Brasil é motivo de muito orgulho, tenho vontade de conquistar um grande título para celebrarmos juntos. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!