Sportbuzz
Surfe / MUNDIAL DE SURFE!

Surfe: Filipe Toledo, Italo Ferreira e Miguel Pupo avançam em Bells

Na disputa das oitavas de final, Filipe Toledo garantiu a liderança do ranking, mas precisa de mais um triunfo para assegurar a lycra amarela do CT

Redação Publicado em 15/04/2022, às 13h49

Filipe Toledo deu show em Bells - @WSL / Ed Sloane
Filipe Toledo deu show em Bells - @WSL / Ed Sloane

Três brasileiros passaram para as quartas de final do ‘Rip Curl Pro Bells Beach’, em mais um dia de praia lotada e show de surfe nas ondas perfeitas de 4-6 pés no Bowl de Bells. Filipe Toledo já tirou a liderança do ranking de Kanoa Igarashi e disputará a lycra amarela na reedição da última final desta etapa em 2019, vencida por John John Florence

Italo Ferreira e Miguel Pupo também seguem na disputa do título e com chances matemáticas nesta briga pela ponta do CT 2022. A primeira chamada para as quartas de final é às 7h do sábado, na Austrália, e às 18h da sexta-feira, 15, no Brasil, e o último dia será transmitido ao vivo pelo canal SporTV e pelo WorldSurfLeague.com.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Na sexta-feira também foram definidas as semifinais femininas e a líder do ranking, Brisa Hennessy, da Costa Rica, terá um confronto direto pela lycra amarela com a pentacampeã mundial Carissa Moore. Quem vencer a disputa pela segunda vaga na final do ‘Rip Curl Pro Bells Beach’, fica com o primeiro lugar no ranking. 

Na primeira semifinal, a bicampeã mundial Tyler Wright, que fez os recordes femininos do dia, nota 9,00 e 17,17 pontos, enfrenta a americana Courtney Conlogue. Já nas oitavas de final masculinas, o melhor da sexta-feira foi o havaiano John John Florence, que atingiu 17,77 pontos com as notas 9,07 e 8,70 que somou na vitória sobre Morgan Cibilic

Foi logo após Filipe Toledo despachar outro australiano, Connor O´Leary, também com mais uma grande apresentação nas direitas de Bells Beach. Filipe fez uma boa escolha de ondas e aproveitou bem as chances que teve, para mostrar suas manobras inovadoras e progressivas. Nas melhores que surfou, recebeu notas 8,43 e 7,83 para vencer por 16,26 a 13,00 pontos.

"Acredito que é essencial fazer duas ou três manobras grandes lá fora, porque depois a onda fica gorda até o inside", analisou Filipe Toledo. "Eu estou me sentindo bem, minha prancha está mágica e sei que posso chegar nas finais, se eu ficar em sintonia com as séries para pegar as melhores ondas”, completou o surfista para a WSL.

Com a classificação para as quartas de final, Filipe Toledo já tirou o japonês Kanoa Igarashi da liderança do ranking, só que três surfistas ainda têm chances matemáticas nesta briga pela ponta. Mas Italo Ferreira e Miguel Pupo já necessitam da vitória para ultrapassar os 19.185 pontos que ele garantiu no ranking. 

Italo Ferreira em ação
Italo Ferreira também segue vivo (Crédito: @WSL / Ed Sloane)

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!