Sportbuzz
Skate / PRODÍGIO!

Conheça Gui Khury, o astro do skate vertical

Como apenas 13 anos, Gui Khury é um dos mais jovens destaques do skate nacional e promete revolucionar o esporte na modalidade vertical; curitibano fez história nos X Games

Ligia de Toledo Saicali Publicado em 05/05/2022, às 16h15

Gui Khury, astro do skate vertical - Reprodução/Instagram
Gui Khury, astro do skate vertical - Reprodução/Instagram

O Brasil cultiva mais uma grande estrela do skate: Gui Khury, de apenas 13 anos, é uma das mais recentes promessas no esporte de quatro rodinhas. No fim de abril, Khury conquistou a medalha de prata na categoria de “melhor manobra no vertical”, durante a primeira etapa da competição X Games.

No ano passado, fez história: Gui havia se tornado o atleta mais jovem a conquistar uma medalha de ouro no tradicional torneio. Assim, o skatista soma a conquista mencionada com mais duas no Guinness World Records: o brasileiro também foi o mais jovem a disputar o X Games e o pioneiro a fazer uma manobra 1080 no vertical (quebrando o recorde da lenda Tony Hawk). Os recordes foram registrados em anos consecutivos.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Além disso, o atleta já foi convocado pela Seleção Brasileira Júnior de Skate para representar o país. Embora natural de Curitiba, Khury chegou a se mudar com a família, em 2011, para os Estados Unidos, na cidade californiana de Carlsbad. Seu pai foi um dos fatores mais importantes em sua carreira, que incentivou Gui a treinar desde os quatro anos de idade. Em 2015, retornaram ao Brasil, mas a paixão pelo esporte perdurou.

APOIO TOTAL

Durante a quarentena imposta pela pandemia do coronavírus, em que ocorreu o fechamento da maioria das escolas, o jovem atleta usou o tempo livre para praticar ainda mais suas habilidades. Assim, os pais do skatista construíram um centro de treinamento chamado Greenbox, localizado em Campo Largo, na região metropolitana da capital paranaense.

Gui Khury, estrela do skate
Gui Khury, astro do skate vertical (Créditos: Reprodução/Youtube)

 

COMPARAÇÕES

Devido ao talento e às grandes conquistas com pouco tempo de carreira, as comparações com a campeã olímpica Rayssa Leal, a Fadinha, se mostraram inevitáveis. “Todo mundo tá se inspirando nela. Não só as meninas, mas os meninos também. Ela é uma pessoa muito gente fina e praticamente uma fada do skate, mesmo. Ela faz tudo certinho, é um exemplo muito bom do que é ser skatista profissional e uma pessoa bem legal”, afirmou Gui à TV Globo.

PRÓXIMAS METAS

Atualmente, as principais metas de Khury envolvem sua evolução pessoal no esporte e, por meio do mesmo, alçar grandes voos. O atleta busca alcançar a manobra 1260, que consiste em três giros e meio no ar, e ganhar seu espaço nas Olimpíadas de Paris, em 2024. “Estou sempre pensando em ir a mais”, ressaltou o curitibano à emissora RPC.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por X Games (@xgames)


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!