Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz

Coronavírus: WSL suspende todas as competições até o fim de maio

Diante da pandemia, etapa brasileira pode ter a possibilidade de reabrir o Circuito Mundial de Surfe

Gabriela Santos Publicado em 17/03/2020, às 13h19

WSL é suspende todas as competições até o fim de maio
WSL é suspende todas as competições até o fim de maio - GettyImages

A WSL é mais uma liga que precisou suspender as competições por conta da pandemia do novo coronavírus. A Liga Mundial de Surfe anunciou a suspensão de todas as divisões do Circuito Mundial, que estão marcadas até o fim do mês de maio.

Para o final do mês de março, estavam previstas várias competições do circuito de qualificação, com o início dos circuitos principais (masculino e feminino), em Gold Coast, na Austrália, prova que já foi suspensa.

Além da etapa de estreia, também foram adiados – do Circuito Mundial – o Pro Bells Beach e o Margaret River Pro, na Austrália, sendo que a etapa portuguesa, em Peniche, está marcada para outubro. Programado para acontecer no mês de junho em uma parte remota da Indonésia, o Quiksilver Pro G-Land será cancelado ou realocado para uma área com maior infraestrutura.

A etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe, marcada para ser realizada entre os dias 18 e 27 de junho em Saquarema, permanece confirmada, segundo o comunicado da WSL. Assim, a prova poderá reabrir a temporada caso a etapa da Indonésia seja cancelada.

A decisão da suspensão (cancelar ou adiar) das etapas até o fim de maio segue orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que declarou que o coronavírus é uma pandemia global.
A WSL também consultou os governos e autoridades dos locais onde os eventos seriam realizados. De acordo com as informações que a WSL tem recebido de especialistas e agências globais sobre a pandemia do Covid-19, junho parece ser o momento mais provável para iniciar a temporada de 2020 com segurança.

Em vídeo publicado nas redes, o CEO da WSL, Erik Logan, falou sobre a decisão:

“Somos realmente um esporte global. O deslocamento para os eventos entre tantos países, já é desafiador nas melhores condições. Nas circunstâncias atuais, isso simplesmente não está sendo possível e não será por algum tempo. Como uma liga que atrai grandes públicos, também estamos extremamente conscientes da nossa responsabilidade social, de não permitir uma aceleração na propagação do vírus”.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!