Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » GANHOU!

Tenista Novak Djokovic processa o estado do Rio de Janeiro e pode faturar mais de R$ 3 milhões!

O tenista sérvio está na justiça desde 2012 contra o estado carioca

Isabelly Cristaldo Publicado em 17/01/2020, às 17h24

Novak Djokovic processou o Rio de Janeiro
Novak Djokovic processou o Rio de Janeiro - GettyImages

O famoso tenista Novak Djokovic ganhou uma ação que movia contra o estado do Rio de Janeiro!

O sérvio entrou na justiça contra o Rio há mais de sete anos para cobrar o cumprimento do contrato que foi feito em 2012, em que alegava que teve um prejuízo de mais de U$ 650 mil, aproximadamente 3 milhões de reais.

O jogador esteve na cidade a convite do governo do estado, para uma série de atividades, que incluíam inaugurar quadras em projetos sociais, fazer uma partida amistosa contra Gustavo Kuerten, no Maracanãzinho, e participar de um jogo festivo de futebol.

Na época, o governo se responsabilizou em pagar U$ 1 milhão, que seriam divididos em três parcelas.

A decisão a favor do atleta estava em trâmite na 14ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro e foi tomada pela juíza Mirela Erbisti, no dia 7 de janeiro e foi publicada para o público nesta terça-feira, 15, pelo Tribunal de Justiça do estado.

De acordo com o mandado de segurança, foram feitos apenas dois pagamentos, totalizando US$ 450 mil. Restariam ser pagos ainda US$ 650 mil, o que representa cerca de R$ 2,6 milhões.

A Procuradoria Geral do Estado reconheceu a dívida existente e decidiu não recorrer da decisão.

Ex-número 1 do mundo e campeão em 16 Grands Slam, o sérvio já acumula US$140.228.279, cerca de R$ 600 milhões, em premiações na carreira, segundo a Associação de Tenistas Profissionais.

Confira um trecho do processo divulgado pelo Globo Esporte:


"NOVAK DJOKOVIC propôs a presente ação monitória em face do ESTADO DO RIO DE JANEIRO, conforme emenda substitutiva à inicial no pdf. 760, alegando que foi convidade pelo réu em 2012 para participar de uma série de eventos no Estado do Rio de Janeiro, que compunham o projeto "Djokovic no Rio", tendo as partes celebrado o Contrato de Prestação de Serviços nº 013/2012 e ajustado o pagamento da quantia de US$ 1.100.000,00 (um milhão e cem mil dólares).

Narra que embora tenha cumprido integralmente suas obrigações, o réu não quitou a integralidade da quantia avençada, havendo saldo histórico de US$ 650.000,00 a receber, e que, conforme expresso no Ofício SEELJE/ASJUR nº 40/2017, de 16/08/2017, da Procuradoria do Estado do Rio de Janeiro, o réu lhe deve a importância residual de R$ 2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais), a qual, atualizada, importa em R$ 2.993.556,05 (dois milhões, novecentos e noventa e três mil, quinhentos e cinquenta e seis reais e cinco centavos). Pleiteia a procedência da ação monitória, com a expedição do competente mandado de pagamento no valor de R$ 2.993.556,05 (dois milhões, novecentos e noventa e três mil, quinhentos e cinquenta e seis reais e cinco centavos), e, não sendo opostos embargos, a constituição imediata do título executivo judicial.
(...)

Em face ao exposto, JULGO PROCEDENTE O PEDIDO MONITÓRIO, constituindo, de pleno direito o título executivo judicial, no valor de R$ 2.993.556,05 (dois milhões, novecentos e noventa e três mil, quinhentos e cinquenta e seis reais e cinco centavos), acrescido de correção monetária a contar da atualização promovida em pdf. 736, e dos juros de mora a contar da citação".


5 eletrônicos para esportes que prometem facilitar a sua vida

1- Relógio Inteligente Mi Band 4 Xiaomi - https://amzn.to/326G0jZ

2- Câmera Hero 7 Black à Prova D’água 12MP 4K Wifi, GoPro - https://amzn.to/2VwxKY5

3- Fone de Ouvido Xiaomi Redmi Air Dots Com Bluetooth - https://amzn.to/325xcLo

4- Aparelho Abdominal Eletrico Músculo 6 Pack Ems Estimulador - https://amzn.to/2B2Vhq8

5- Cronômetro Digital Incoterm - https://amzn.to/2nyvmUc

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!