Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » POLÊMICA!

Roland Garros anuncia novas datas e gera revolta em tenistas

Jogadores alegam que a decisão foi definida de maneira unilateral

Lucas Miluzzi Publicado em 17/03/2020, às 16h18 - Atualizado às 17h01

Rafael Nadal em ação
Rafael Nadal em ação - GettyImages

Nesta terça-feira, 17, a Federação Francesa de Tênis anunciou que o torneio de Roland Garros irá ocorrer entre os dias 4 de setembro e 20 de outubro. A decisão pegou tanto a ATP quanto a WTA de surpresa e gerou a revolta de diversos tenistas. Isso se deu pelo fato da pandemia causada pelo novo coronavírus que está gerando a morte de diversas pessoas no continente.

Quem se pronunciou sobre a mudança e justificou a alteração no calendário foi o presidente da FFT, Bernard Giudicelli. No entanto, a nova data pode acabar gerando a mudança em diversos outros circuitos da categoria que estavam marcados para o final da temporada.

"Tomamos uma decisão difícil, mas corajosa nesta situação sem precedentes, que se agravou muito desde o último fim de semana. Estamos agindo com responsabilidade e devemos trabalhar juntos na luta para garantir a saúde e a segurança de todos", garantiu.

Ainda no cominucado divulgado pela própria Federação Francesa de Tenis, a FFT, o dirigente argumentou sobre a decisão e fez questão de justificar sua atitude em relação a mudança no calendário do esporte.

 "As atuais medidas de confinamento nos impossibilitaram de continuar com nossos preparativos e, por isso, não conseguiremos realizar o torneio nas datas originalmente planejadas(...)a FFT escolheu a única opção que lhe permitirá manter a edição 2020 do torneio ao mesmo tempo em que participa da luta contra o COVID-19", concluiu. 

No entanto, a fala de Bernard não convenceu boa parte dos tenista profissionais que utilizaram suas redes sociais para criticar a nova data. Vale lembrar que com o novo calendário, Roland Garros será disputada uma semana depois do fim do US Open e quem não gostou disso foi o canadense Vasek Pospisil.

Isso é loucura. Importante comunicado de Roland Garros mudando o torneio para uma semana depois do US Open sem comunicar os jogadores ou a ATP. Temos zero poder de fala neste esporte”, falou. 

Além dele, o suíço Stan Wawrinka foi outro que demonstrou descontentamento e disparou: “Ache um jogador que sabia dessa decisão”. Quem também se pronunciou foi Diego Schwartzman que seguiu com a mesma ideia e lembrou o cancelamento de Indian Wells. “Mais uma vez, ficamos sabendo pelo Twitter”.

Por fim, o irmão mais velho de Andy Murray, Jamie Murray, se posicionou contrário diante da atitude da FFT e aproveitou para alfinetar a decisão da Federação Francesa de Tenis: “Eu achava que era para as forças do tênis trabalharem juntas nos dias de hoje”


Se você também curte praticar tênis ou quer começar a treinar, confira alguns itens esportivos abaixo!

1. Bola Tênis Starter Play Ball, Wilson 

2. Raquete Tênis Wilson US Open 25 

3. Capa Para Raquete Classic Cover 

4. Mochila Esp Iq13807A, Wilson  

5. Mochila Wilson Esportiva Team Cinza/preto

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!