Sportbuzz
Outros Esportes / FÓRMULA 1!

Ricciardo vence GP da Itália, marcado pelo acidente entre Hamilton e Verstappen

Prova do GP da Itália entrou para a história da Fórmula 1 por seus acontecimentos

Redação Publicado em 12/09/2021, às 13h49

Ricciardo comemorando a vitória do GP da Itália - GettyImages
Ricciardo comemorando a vitória do GP da Itália - GettyImages

Na manhã deste domingo, 12, o GP da Itália entrou para a história da Fórmula 1 como uma das provas mais memoráveis de todos os tempos. A corrida, vencida por Daniel Ricciardo, da McLaren, contou com um acidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen.

Inclusive, a McLaren quebrou um longo tabu por vencer pela primeira vez desde 2012. Na oportunidade, Jenson Button conquistou o GP do Brasil. Para deixar ainda mais especial, o jovem Lando Norris fez a dobradinha para a escuderia.

Valteri Bottas, da Mercedes, que começou a prova em último, terminou a corrida na 4ª posição, mas com uma punição de cinco segundos dada a Sergio Pérez, da Red Bull, e ficou no Top 3. Com isso, o mexicano caiu para a 5ª posição, atrás de Charles Leclerc, da Ferrari. 

O resultado da prova foi definido com o incidente entre Verstappen e Hamilton. O holandês, que largou na pole, foi ultrapassado já na primeira curva por Ricciardo, e viu as coisas ficarem ainda mais complicadas ao cair para a décima posição depois um pit stop de 11s na metade da corrida.

Quando cruzou a reta principal, viu Hamilton no momento em que o heptacampeão deixava o pitlane depois da sua parada. Quando dividiram a primeira curva, o carro da RBR passou por cima das lombadas e acabou subindo na Mercedes, jogando a dupla para fora da pista.

A prova ainda contou com a recuperação de Bottas, que venceu a corrida classificatória no sábado, 11, mas largou em 20º por ter trocado o motor e vários componentes da unidade de potência.

O piloto da Mercedes ganhou 16 punições e subiu ao terceiro posto, já que Sergio Pérez foi punido em 5s por ultrapassar os limites da pista ao fazer uma manobra sobre Charles Leclerc.

Outra novidade foi a nona colocação de George Russell, que herdou mais dois pontos para a Williams.

Já que a batida de Verstappen também tirou Hamilton da prova, o holandês continuou em primeiro lugar no campeonato de pilotos com 226.5 pontos contra os 221.5 do rival.

Assim, Bottas, em terceiro, anotou 141. Por outro lado, a Mercedes ampliou a vantagem na liderança do Mundial de Equipes com o pódio do finlandês, e passa a ter 362.5 pontos, 18 a mais que a RBR, vice-líder.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!