Sportbuzz
Outros Esportes / Publieditorial

Quais nomes estão crescendo em 2021 e ganhando chances no UFC?

Nos últimos anos o MMA (Artes Marciais Mistas) teve um forte crescimento no Brasil

Redação Publicado em 20/09/2021, às 12h48

Nos últimos anos o MMA (Artes Marciais Mistas) teve um forte crescimento no Brasil - Iván Tamás por Pixabay
Nos últimos anos o MMA (Artes Marciais Mistas) teve um forte crescimento no Brasil - Iván Tamás por Pixabay
Nos últimos anos o MMA (Artes Marciais Mistas) teve um forte crescimento no Brasil.  O UFC (Ultimate Fighting Championship) se tornou uma preferência nacional, com ídolos como Anderson Silva e José Aldo. Sua popularidade deu um imenso salto e a cada dia mais atletas tanto masculinos como femininos se destacam nas competições de luta. 
Esse crescimento é resultado sem dúvida alguma das excelentes exibições por parte de nossos atletas. No primeiro semestre de 2021 já ocorreram 22 eventos e tivemos vários atletas se destacando no octógono até o momento.
 
O Ultimate acaba de marcar para o dia 23 de outubro o confronto entre Paulo Borrachinha e Marvin Vettori que será a luta principal desse evento. O italiano não quis colocar panos quentes e mostrou confiança em entrevista publicada no blog do site de UFC bets Betway: “vou acabar com ele”. Na entrevista também mostrou não ter tanto respeito com o brasileiro, chamando-o de superestimado.
Borrachinha está ocupando o segundo lugar do ranking do UFC na categoria e volta depois de ter sido nocauteado por Israel Adesanya no ano passado. Naquela altura, no duelo de invictos, estava em jogo o cinturão dos pesos-médios (84 kg) e o evento ocorreu em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).
 
Até agora o ano de 2021 teve excelentes resultados para nossos lutadores de UFC. Muitos têm crescido no ranking e em geral tivemos mais vitórias do que derrotas no octógono. No primeiro trimestre do ano nosso aproveitamento chegou a 53%, já que foram 32 lutas contra estrangeiros e ganhamos 17 delas. 
O Brasil no momento tem apenas dois campeões entre as categorias do UFC. O paulista Charles do Bronx que foi campeão dos leves recentemente e a partir de agora já vem treinando para defender o cinturão. Sua próxima luta deve ocorrer até o final deste ano.
A brasileira Amanda Nunes é até agora a única campeã brasileira e ainda mais em duas categorias diferentes. Ela carrega dois cinturões, a de campeã no peso-galo e também no peso-pena. 
 
Amanda com certeza continuará sendo a protagonista entre as mulheres e se prepara desde já para um de seus maiores desafios onde enfrentará a norte-americana descendente de venezuelanos Julianna Peña. 
A luta seria em agosto mas naquela altura Amanda testou positivo para Covid. O encontro foi remarcado para o dia 11 de dezembro. Por falar em Amanda, não podemos nos esquecer da mineira Amanda Ribas que compete na categoria peso-palha, divisão do Ultimate Fighting Championship. Atualmente Amanda Ribas ocupa a 11ª posição no ranking da sua categoria.
O Brasil já foi uma grande força no passado e lentamente está voltando a ocupar o seu lugar. A última vitória de Renato Moicano serviu para mostrar que ainda temos excelentes lutadores prontos a ocupar lugares de destaque. 
 
É preciso citar a lutadora Jessica Andrade a conhecida “Bate Estaca”, ex-campeã do peso-palha feminino do UFC e o paraense Michel Pereira que compete pelo UFC na categoria dos meio-médios também conhecido como “Demolidor”. 
 
São duas das maiores esperanças na organização. Não poderíamos deixar de destacar a lutadora gaúcha Marina Rodriguez que nocauteou a sensação Amanda Ribas no segundo round num evento na Ilha da Luta. Marina ocupa a sexta posição do ranking do peso-palha.
Outro destaque é Vicente Luque o “Assassino Silencioso”, que é um brasileiro radicado nos EUA. 
Atualmente ele compete na categoria dos meio-médios e é considerado um dos quatro melhores meio-médios do mundo no ranking.  Sua última vitória, logo no primeiro round sobre o ex-campeão Tyron Woodley, foi com certeza a mais importante de sua carreira. 
 
O "Assassino Silencioso" tem nove vitórias nas últimas dez lutas, subindo quatro posições no ranking do UFC e ocupando atualmente o sexto lugar. 
Thiago Moisés é um lutador paulista que compete, atualmente na divisão leve do Ultimate Fighting Championship. Ele foi revelado no Contender Series.  Thiago foi derrotado em Las Vegas no passado mês de julho pelo russo Islam Makhachev no quarto assalto. De qualquer modo é um lutador bastante técnico que vem subindo no ranking dos pesos-leves. 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!