Sportbuzz
Outros Esportes / E-SPORTS!

Presidente da Fifa alfineta EA Sports após troca no nome do jogo

Fifa e a EA Sports romperam o contrato que obrigava o famoso jogo de futebol virtual a colocar o nome da entidade máxima de futebol em sua capa e divulgações

Redação Publicado em 10/05/2022, às 17h52

Presidente da Fifa Gianni Infantino - GettyImages
Presidente da Fifa Gianni Infantino - GettyImages

O presidente da Fifa Gianni Infantino resolveu rebater a EA Sports nesta terça-feira, 10, depois de a produtora ter anunciado que o nome do famoso jogo virtual de futebol vai passar a se chamar EA Sports FC a partir de 2023, depois do fim da parceria entre a empresa e a entidade máxima do futebol mundial.

Em comunicado, a Fifa garantiu que vai acertar com novas parcerias de licenciamento em um modelo de não exclusividade mantendo "a marca FIFA como a melhor" dentro do mercado de games. "Posso assegurar que o único jogo real e autêntico que tiver o nome da Fifa será o melhor disponível para os gamers e fãs do futebol", iniciou Gianni Infantino.

Canal - SportBuzz

"O nome FIFA é o único título original e global. FIFA 23, FIFA 24, FIFA 25 e assim por diante: a constante é o nome FIFA. Será assim para sempre, permanecendo o melhor", apontou o presidente da entidade, que ainda declarou que a empresa está produzindo alguns jogos não simuladores que serão lançados durante o último trimestre do ano.

Assim, o primeiro dessa lista é uma experiência gamer sob medida que tem a Copa do Mundo de 2022 como palco principal. Ele promete aos fãs de todo o mundo "novas experiências interativas". Depois disso, a Fifa vai lançar mais jogos e experiências virtuais sobre o torneio, além de projetos adicionais e sob discussão relacionados à Copa do Mundo Feminina de 2023.

Presidente da Fifa detona quebra de acordo com a EA Sports
Presidente da Fifa detona quebra de acordo com a EA Sports (Crédito: GettyImages)

 

Dessa forma, o objetivo da Fifa é desenvolver um novo grande jogo de simulação de futebol em 2024 e que leve novamente o nome da entidade. Para que esse plano seja colocado em prática, a entidade informou estar em contato com publishers, empresas de mídia e investidores. Vale lembrar que o contrato com a EA Sports ainda está valendo.

Isso porque a Fifa estendeu o vínculo que tinha para que a empresa possa dar andamento na comercialização do FIFA 23, último jogo da parceria que chega ao fim após 30 anos de duração, sendo que o acordo terminaria em dezembro de 2022. Ambas as partes revisaram a parceria que tinham para utilizar o nome da entidade máxima do futebol.

O motivo

Essa alteração aconteceu por conta do fim da longa parceria entre a Electronic Arts e a Fifa. Já em outubro do ano passado, o diretor-geral da produtora, Cam Weber, revelou que a franquia FIFA poderia mudar de nome por conta de uma revisão da parceria que a empresa mantinha com a própria entidade do futebol para utilizar tal nome.

De acordo com matéria publicada pelo jornal americano "The New York Times" no ano passado, a EA Sports paga US$ 100 milhões por ano à Fifa, e segundo o portal "UOL", acredita que pode conseguir economizar esse valor enquanto continua oferecendo sua experiência com as licenças de ligas como Champions League, Libertadores, Premier League, LaLiga, Bundesliga e mais.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!