Sportbuzz
Outros Esportes / MEDALHISTAS!

Brasil estreia com pé direito e natação garante quatro medalhas no primeiro dia das Paralimpíadas; confira!

Gabriel Bandeira, Gabriel Geraldo, Daniel Dias e Phelipe Rodrigues foram os nomes que levaram o Brasil ao pódio

Redação Publicado em 25/08/2021, às 11h48

Brasil estreia bem nos Jogos Paralímpicos de Tóquio - Getty Images
Brasil estreia bem nos Jogos Paralímpicos de Tóquio - Getty Images

No primeiro dia do Jogos Paralímpicos de Tóquio, o Brasil estreou com o pé direito. Apesar de alguns tropeços no tênis de mesa e a derrota no Goalball Feminino contra os Estados Unidos, o primeiro dia foi repleto de vitórias, no próprio tênis de mesa e no Goalball Masculino.

Contudo, o que mais chamou a atenção foi a natação, que foi onde o Brasil conquistou suas primeiras medalhas desta edição dos Jogos. Gabriel Bandeira, Gabriel Geraldo, Daniel Dias e Phelipe Rodrigues foram os nomes que levaram o Brasil ao pódio.

Gabriel Bandeira foi o dono da primeira medalha de ouro brasileira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O nadador conquistou o lugar mais alto do pódio nos 100m borboleta na classe S14, que engloba os atletas com deficiência intelectual.

Com o tempo de 54s76 o brasileiro bateu o recorde paralímpico e, após a vitória, concedeu entrevista revelando que este não foi seu melhor tempo.

Gostei bastante da minha prova. O tempo não foi o meu melhor, mas levando em consideração tudo que aconteceu comigo (de ficar em quarentena forçada), isso me ajudou na parte mental para que fizesse uma boa prova”, declarou.

Gabriel Geraldo foi o primeiro brasileiro a subir no pódio nos Jogos Paralímpicos após chegar em segundo lugar na prova dos 100m costas; A medalha de prata veio acompanhada por um tempo excelente de 2min02s47.

Daniel Dias, o grande nome da natação paralímpica brasileira, não podia passar sem subir no pódio. Na classe S5, o brasileiro disputou a prova dos 200m livre e chegou em terceiro lugar, com o tempo 2min38s61.

Foi uma prova bem estratégica. Faz cinco anos que eu não nado essa prova. Desde as Paralimpíadas do Rio eu não nadava os 200m. Então eu precisei montar uma estratégia bem definida para esta prova. Sabia que o italiano e o espanhol se distanciariam e eu precisaria brigar pelo bronze. Então agora é comemorar que tudo deu certo e a estratégia foi bem feita”, falou.

A conquista colocou Daniel como um dos grandes nomes da história dos atletas brasileiros. Isso porque o bronze foi a 25ª medalha dele em Jogos.

Com o tempo de 23s50 na classe S10, Phelipe Rodrigues garantiu a medalha de bronze nos 50m livre. Após a conquista, o narrador comentou sobre o sentimento de conseguir uma medalha paralímpica.

Na noite desta quarta-feira, 25, o Brasil volta a competir em diferentes modalidades. É possível saber tudo que acompanhar na nossa "Agenda Paralímpica".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!