Sportbuzz
Outros Esportes / TÊNIS

Naomi Osaka ganha apoio de Stephen Curry, astro da NBA, após desistência de Roland Garros

Tenista japonesa optou por não disputar o Grand Slam por questões mentais

Redação Publicado em 01/06/2021, às 08h48 - Atualizado às 08h50

Naomi Osaka ganha apoio de Stephen Curry, astro da NBA, após desistência de Roland Garros - GettyImages
Naomi Osaka ganha apoio de Stephen Curry, astro da NBA, após desistência de Roland Garros - GettyImages
A tenista Naomi Osaka anunciou nesta segunda-feira, 31, que se retirou da disputa do Roland Garros. Stephen Curry, astro da NBA, manifestou apoio após a decisão da japonesa, que deixou o Grand Slam por questões de saúde mental. Em post no Twitter, o camisa 30 do Golden State Warriors mostrou “muito respeito” pela atitude da número dois do mundo no ranking da WTA. 
 
“Você nunca deveria ter que tomar uma decisão como esta – mas é tão impressionante ir pelo caminho certo quando os poderes não protegem os seus próprios. Grande respeito”, escreveu Curry.
Naomi Osaka, de 23 anos, anunciou sua retirada do Grand Slam após ser multada em R$ 78 mil, e ameaçada e ameaçada com mais sanções pela Associação de Tênis Feminino, por ter se recusado a dar entrevistas durante a disputa de Roland Garros. 
 
Em texto publicado nas redes sociais, a atleta explicou os motivos que a fizeram desistir do tradicional torneio da França. 
 
“Essa não é a situação que eu imaginei quando fiz a postagem [informar que não participaria das entrevistas] há alguns dias. Acho que agora a melhor coisa para o torneio, outros jogadores e meu bem é que eu me retire, para que todos consigam focar no tênis”, escreveu Naomi Osaka.
 
“Eu nunca quis ser uma distração. Eu aceito que meu tempo não foi o ideal e minha mensagem poderia ter sido mais clara. O mais importante é que eu nunca banalizei a saúde mental ou usei o termo de forma leviana”, completou.
 
Vale destacar que Naomi Osaka havia vencido a primeira partida do torneio. Ainda no mesmo texto, a tenista comentou sobre a personalidade tímida, que a acompanha desde os primeiros passos no mundo do Tênis.
 
“A verdade é que eu sofri longos surtos de depressão desde o US Open de 2018 e realmente é difícil lidar com isso”, contou.
 
“Quem me conhece sabe que sou introvertida. Qualquer um que tenha me visto sabe que eu costumo usar fones de ouvido. Isso ajuda com minha ansiedade. A imprensa sempre foi gentil comigo. Me desculpo com todos os jornalistas que eu possa ter machucado”, finalizou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!