Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » DIA DAS MULHERES!

Mulheres nas Olimpíadas: Saiba quais já dominaram o evento em suas categorias!

Atletas lutaram por igualdade em uma das maiores competições do mundo e se destacaram tanto individualmente como coletivamente

Redação Publicado em 08/03/2021, às 09h05

Atletas mundiais que fizeram história em suas modalidades
Atletas mundiais que fizeram história em suas modalidades - GettyImages

Ao longo dos anos, a luta feminina pela igualdade dentro e fora dos esportes foi ganhando cada vez mais visibilidade. Além do que as atletas faziam, e fazem longe das câmeras para serem reconhecidas e respeitadas, em suas categorias também quebraram barreiras.

No caso das Olimpíadas, as atletas foram ganhando espaço a medida que se destacaram nas modalidades, inclusive, com algumas até dominando as mesmas. Com a transmissão dos Jogos Olímpicos, enxergar essa evolução ficou ainda mais fácil.

Por muito tempo, a presença das mulheres nas Olimpíadas era praticamente mínima, mas graças a algumas que enfrentaram preconceitos e quebraram regras, hoje, a realidade finalmente é outra.

Mesmo que ainda existam alguns pontos que precisam ser melhorados, a garra dessas esportistas foi fundamental para chegarmos aonde estamos atualmente.

Por conta disso, neste Dia Internacional da Mulher, o SportBuzz mostra aqui algumas das mulheres que se destacaram em suas categorias e modalidades. Confira:

Maria Lenk

A atleta foi a primeira nadadora brasileira a conseguir um recorde mundial. Além disso, ela também se tornou a principal em sua modalidade e foi a única mulher do Brasil introduzida no Swimming Hall of Fame (Salão da fama dedicado à esportistas).

Na natação moderna, ela é considerada a pioneira, já que foi a primeira mulher a usar o nado borboleta em competições. Ela introduziu esse tipo de nado quando participou da prova de peito nos Jogos Olímpicos de Verão de 1936, que aconteceu em Berlim.

Mesmo com tanta garra, Maria Lenk não conseguiu ganhar medalhas olímpicas, mas a sua história e seus feitos são muito mais valiosos que qualquer pódio. 

Charlotte Cooper

A esportista foi a tenista britânica que colocou seu nome no mundo das Olimpíadas por ser a primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro no tênis. A vitória aconteceu nos Jogos de Paris, em 1900.

Aída dos Santos

A brasileira foi a única mulher da delegação nos Jogos de Tóquio 1964. A atleta conquistou o inédito quarto lugar no salto em altura, ainda que tenha ido sem uniforme, tênis ou técnico.

Por ter feito críticas ao Comitê Olímpico, Aída foi cortada da seleção perto do início dos Jogos de 1972.

Sandra Pires e Jacqueline Silva

A conquista de Aída permaneceu única até ser superada pelas jogadoras de vôlei de praia SandraPires e JacquelineSilva, na Olimpíada de Atlanta, em 1996.

A dupla ganhou o primeiro ouro feminino na modalidade e colocou, mais uma vez, a participação das mulheres na Olimpíada em destaque.

Enriqueta Basilio

Já a participação de Enriqueta Basilio teve uma importância diferente das demais atletas.

Isso porque a velocista mexicana foi a primeira das mulheres na Olimpíada a acender a pira. Esse momento histórico e de grande importância aconteceu na abertura dos Jogos do México, em 1968.

Rafaela Silva

A judoca é carioca e iniciou sua vida no esporte no Instituto Reação. Nas Olimpíadas Rio 2016, se tornou a primeira atleta na história do judô brasileiro a ter o título de campeã mundial e olímpica.

Isso aconteceu pela medalha de ouro que conquistou ao derrotar Dorjsürengiin Sumiyaa que, até a então, era a líder do ranking mundial.

As atletas com mais medalhas

Durante todos esses anos em que os Jogos Olímpicos são realizados, muitas atletas subiram no pódio para receber suas medalhas, mas durante esse tempo, foram poucas que tornaram o caminho quase que rotineiro.

Neste pequeno grupo, estão Larisa Latynina, Birgit Fischer e Jenny Thompson, as únicas na lista de mulheres mais vencedoras da história das Olimpíadas.

Todas elas somam nada menos que oito medalhas de ouro conquistadas, nas no total, Latynina leva vantagem, sendo a segunda maior medalhista entre mulheres e homens. Fischer é a sexta colocada no geral, enquanto Thompson é a sétima. 

Latynina

E Melbourne, 1956, em sua estreia em Jogos Olímpicos, Latynina levou quatro ouros, uma prata e um bronze. Quatro anos depois, em Roma, 1960, mais seis medalhas. Porém, desta vez, foram três douradas, duas pratas e um bronze.

Fechando a conta, em Tóquio, 1964, faturou mais cinco, sendo duas de ouro, uma prata e dois bronzes. 

Birgit Fischer

A atleta é até hoje o maior nome da história da canoagem de velocidade. Ela estreou em Jogos Olímpicos em Moscou, 1980, quando tinha 18 anos, e conquistou uma medalha de ouro, representando a Alemanha Oriental.

Depois de passar em branco em Los Angeles, 1984, voltou com tudo em Seul, 1988, subindo ao lugar mais alto do pódio duas vezes e conquistando ainda um vice-campeonato. 

Em Barcelona, 1992 e Atlanta, 1996, Fischer repetiu o feito e faturou mais um ouro e uma prata em cada edição.

Em Sydney, 2000, levou para casa mais duas medalhas douradas.

Depois disso, ela chegou a anunciar sua aposentadoria, mas desistiu para tentar conquistar mais uma medalha olímpica. E em Atenas, 2004, com 42 anos, ela conseguiu sua última medalha de ouro e levou ainda mais uma prata.

Jenny Thompson

A nadadora despontou cedo no mundo esportivo. 

Em Jogos Olímpicos, ela estreou em Barcelona, 1992, quando conquistou dois ouros no revezamento e uma prata.

Quatro anos depois, em Atlanta, 1996, ela subiu três vezes ao lugar mais alto do pódio, mas foi em Sydney, 2000 que Thompson teve seu melhor desempenho, quando levou novamente três ouros e ainda faturou um bronze.

Em Atenas, 2004, ela se despediu dos Jogos Olímpicos aos 31 anos, como a mais velha do time de natação dos Estados Unidos, e com mais duas medalhas de prata, entrando para a história como uma das mulheres mais vencedoras da história.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!