Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz

Morre aos 40 anos, por eutanásia, campeã paralímpica belga

Esportista lidava com uma doença muscular degenerativa

Pedro Ungheria Publicado em 23/10/2019, às 11h26

Esportista belga faleceu aos 40 anos de idade
Esportista belga faleceu aos 40 anos de idade - GettyImages

Na última terça-feira, 22, morreu Marieke Vervoort, aos 40 anos, por eutanásia.

A campeã paraolímpica e medalhista nos jogos Rio 2016 resolveu dar um fim nas fortes dores e dificuldades que sofria por conta de uma doença muscular conhecida como tetraplegia degenerativa. Entre os principais sintomas, estavam paralisia, convulsões e perda gradativa de sono.

Conhecida por não ter cura, a complicação fez com que a esportista assinasse um contrato para autorizar a aplicação de uma injeção letal.

Conhecida como uma das velocistas mais renomadas do universo esportivo, ela chegou a participar de Londres 2012 e Rio 2016, em ambas saiu com medalhas.

Por meio de suas redes sociais, além de explicar o motivo que fez com que fosse a favor do procedimento letal, Marieke revelou que curtiu cada instante até que resolvesse tomar a decisão final.

“Eu ainda quero fazer algumas loucuras e aproveitar para curtir a minha família e os meus amigos, algo que não pude fazer enquanto estava treinando (...) Sou a favor da eutanásia, vivo dia a dia, e quando não aguentar mais farei (a eutanásia). A cada ano, é mais difícil suportar esta situação porque tenho muita dor”, desabafou ela.

O fato de existirem doenças incuráveis e degenerativas fez com que a Bélgica legalizasse, em 2012, o procedimento. Vale ressaltar que 12 anos mais tarde, o país em questão se tornou o único do mundo que não existe limite mínimo de idade para tomar a decisão.

Vervoort descobriu a doença aos 14 anos, após ter uma inflamação que começou no pé e logo passou para os joelhos. Após seis anos de pesquisas e exames, ela se submeteu a diversos procedimentos cirúrgicos, que tentavam reverter o problema, mas não obteve sucesso.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!