Sportbuzz
Outros Esportes / ESPORTS

LoL: Líder da Riot Games anuncia investimento no cenário feminino

Carlos Antunes, head de esports da Riot Games no Brasil, afirmou que iniciativa é “uma dívida antiga com a comunidade” de League of Legends

Redação Publicado em 21/01/2022, às 11h25 - Atualizado às 11h26

LoL: Líder da Riot Games anuncia investimento no cenário feminino - Divulgação/ CBLOL
LoL: Líder da Riot Games anuncia investimento no cenário feminino - Divulgação/ CBLOL

Head de esports da Riot Games no Brasil, Carlos Antunes comentou sobre competições femininas de League of Legends no país após dez anos de Campeonato Brasileiro (CBLOL). Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, 20, o líder da desenvolvedora anunciou que a publisher trabalha para promover parcerias para fomentar a modalidade no cenário competitivo nacional a partir do segundo trimestre de 2022.

O líder da Riot afirmou que a iniciativa é uma forma de “incluir as mulheres que têm intenção de entrar no mercado, no segmento de esports”. Ainda de acordo com ele, o investimento será feito por meio de parcerias, que ocorrerão no mesmo formato que o Valorant Game Changers, circuito internacional da Riot Games para promover o cenário competitivo feminino do First-Person Shooter (FPS). O diretor afirmou que o assunto é uma “dívida da empresa com a comunidade” de LoL.

Canal - SportBuzz

“O incentivo ao cenário feminino de LoL é uma dívida que a gente tem há muito tempo. E todas as experiências positivas que a gente teve com o Game Changers no Valorant mostram o quanto a explosão desse interesse pode causar uma mudança muito rápida e cada vez mais forte. A gente está trabalhando com parceiros para começar a criar, em 2022, um cenário de incentivar a cena feminina de League of Legends para que a gente também comece a trabalhar com mais possibilidades de entrada no cenário profissional e de dar a experiência, ainda que seja semiprofissional, em um torneio estruturado para as jogadoras. Isso é um grande movimento de incluir, no lado mais esportivo, as mulheres que têm a intenção de entrar no mercado, no segmento de esports”, disse Carlos Antunes.

Riot quer investir no cenário feminino
Riot quer investir no cenário feminino (Crédito: Divulgação/ CBLOL)

 

Ele destacou que a ideia inicial é promover o evento já no segundo trimestre de 2022, entre abril e junho. “Se mais para o começo ou para o fim, ainda vamos comunicar, em função do que desenhamos. Porém, a princípio é para começar tarde do 1º semestre e já estar plenamente ativo rodando no 2º”, disse.

A elite do Campeonato Brasileiro de League of Legends nunca contou com a participação de uma jogadora disputando uma partida. Na segunda divisão nacional, em 2020, a Rensga contou com a suporte Gabriela “Harumi” no Circuito Desafiante, que fez sua estreia em 2012.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!