Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » INDIGNADO!

Lewis Hamilton publica vídeo de excessos policiais nos EUA e desabafa: "Vocês são uma desgraça"

Hexacampeão se juntou a LeBron James para questionar os abusos cometidos pelas forças policiais americanas

Redação Publicado em 29/05/2020, às 16h41

Lewis Hamilton publica vídeo de excessos policiais nos EUA e desabafa
Lewis Hamilton publica vídeo de excessos policiais nos EUA e desabafa - GettyImages

Nesta sexta-feira, 29, o hexacampeão de Fórmula 1, Lewis Hamilton utilizou sua conta oficial no Instagram para protestar e mostrar sua indignação diante dos abusos cometidos pelos policiais nos Estados Unidos.

Em sua postagem, Hamilton se mostra totalmente indignado com os excessos. No vídeo vinculado, agentes de autoridade aparecem agredindo todos os tipos de pessoas e até mesmo um animal que atravessava uma estrada. 

Vídeo compartilhado por Lewis Hamilton sobre abusos policiais nos EUA (Crédito: Instagram)

 

O país vive uma onda de manifestações contra injustiça racial e abusos policiais, que tiveram como estopim a morte de George Floyd.

"Vocês são uma desgraça", escreveu o piloto, que também compartilhou a capa da revista Time, em que um cidadão negro aparece sendo perseguido pela polícia.

Capa da revista Time onde um cidadão negro aparece correndo de policiais (Crédito: Instagram)

 

Hamilton é o primeiro e único atleta negro a disputar o Mundial de Fórmula 1 e com mais essa atitude, se juntou a esportistas como LeBron James e Colin Kaepernick, ex-quarterback da NFL que ficou ajoelhado durante o hino nacional dos EUA para protestar contra a injustiça racial.

LeBron apareceu em suas redes sociais a partir de uma publicação onde usa uma camisa com a frase: “Não consigo respirar”.  

O ex-jogador apareceu com cara de poucos amigos e usou da legenda para demonstrar o quanto estava tocado com o ocorrido. Expressando sua dor, ele colocou emojis que simbolizavam a raiva e a tristeza.

A comoção no mundo do basquetebol foi ainda maior, justamente pelo fato de que a vítima era um grande amigo de Stephen Jackson, campeão da NBA em 2003. Na época, ele jogava pelo San Antonio Spurs.

O caso aconteceu na cidade de Minneapolis, a mais populosa do estado de Minnesota, e veio a público após a divulgação de um vídeo que mostra um policial, branco, ajoelhado sobre o pescoço de George Floyd, que chorava e chegou a pedir socorro a sua mãe enquanto gritava que "não conseguia respirar".

Antes de publicar o vídeo de hoje em sua conta, o piloto da Mercedes já havia usado a função stories da plataforma para questionar se os policiais seriam julgados pela morte de Floyd.

"No mundo em que vivemos, quem será responsabilizado. Tenho certeza que não serão esses dois policiais", escreveu.

Os quatro policiais envolvidos na morte de George Floyd foram demitidos e o caso segue sob investigação do FBI.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!