Sportbuzz
Outros Esportes / CORRIDA!

Impressionante! Seis pilotas se envolvem em acidente da W Series na Bélgica; veja o vídeo!

Batida forte entre as pilotas na W Series na Bélgica aconteceu na curva que já é famosa pelos acidentes

Redação Publicado em 27/08/2021, às 14h22

Carros se envolvendo em acidente na W Series na Bélgica - Reprodução/Twitter
Carros se envolvendo em acidente na W Series na Bélgica - Reprodução/Twitter

Nesta sexta-feira, 27, um grave acidente, envolvendo seis carros, aconteceu na classificação da etapa da W Series na Bélgica, no Circuito de Spa-Francorchamps. A batida acabou interrompendo a corrida, e foi na curva já famosa por esse tipo de acontecimento.

O acidente foi logo nos primeiros seis minutos de disputa, na curva Eau Rouge, e envolveu os carros de Sarah Moore, Abbie Eaton, Belen García, Fabienne Wohlwend, Ayla Agren e Beitske Visser.

Com a impressionante intensidade do choque, que foi registrado pelos espectadores, nenhuma das pilotas sofreu ferimentos sérios, graças ao funcionamento das células de sobrevivência e dos halos nos carros.

Como forma de prevenção, Agren e Visser, dupla da equipe M.Forbes, foram encaminhadas para um hospital local.

De acordo com informações do site "Globo Esporte", a suspeita inicial é que o óleo deixado pelos treinos da Fórmula 1, junto com a umidade da pista, por conta da volta das chuvas tenham afetado diretamente na aderência dos carros.

No vídeo que circula nas redes sociais, Moore acertou primeiro a barreira de proteção, seguida de Eaton, que rodou e tocou no bico do carro da britânica pouco antes de ser atingida por Visser.

Com a força do impacto, o carro da piloto da Ecurie W foi levantado, no momento em que Ayla Agren perdeu o controle do monoposto e empurrou Moore e Eaton.

Vindo logo atrás, Belen García não conseguiu desviar da confusão, e acertou o bico do carro de Visser de lado, levantando a holandesa, que voou sobre a barreira de pneus antes de voltar ao chão e ser atingida por Fabienne Wohlwend.

Depois do choque, a W Series na Bélgica, confirmou que todas as pilotas foram submetidas a avaliações clínicas no centro médico do circuito, enquanto Ayla Agren e Beitske Visser foram levadas a um hospital nas proximidades para a realização de exames mais precisos.

"Todas as pilotos envolvidas no incidente estão passando por avaliação médica e duas das pilotos - Ayla Agren e Beitske Visser - foram transferidas para o hospital para exames adicionais. Mais atualizações a seguir", anunciou a categoria nas redes sociais.

Logo que tudo aconteceu, a bandeira vermelha foi imediatamente acionada para o resgate das pilotas envolvidas no choque, e a remoção dos carros.

Depois de mais de 30 minutos de interrupção, a classificação foi retomada, com a atual campeã Jamie Chadwick, da Veloce, garantindo a pole position na prova deste sábado, 28.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!