Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » FÓRMULA 1

Hamilton sobre renovação com a Mercedes: “Quero esperar concluir o trabalho”

Após a conquista do heptacampeonato, Hamilton diz preferir deixar o “contrato de lado” até o fim da temporada

Redação Publicado em 16/11/2020, às 10h08 - Atualizado às 10h10

Hamilton sobre renovação com a Mercedes: “Quero esperar concluir o trabalho”
Hamilton sobre renovação com a Mercedes: “Quero esperar concluir o trabalho” - LAT Images for Mercedes-Benz Grand Prix Ltd/ Fotos Públicas

Após a conquista do heptacampeonato de Fórmula 1, que ocorreu no Grande Prêmio da Turquia no último domingo, 15, Lewis Hamilton abriu o jogo sobre seu futuro na Mercedes, equipe que também conquistou o sétimo título na categoria.

Em coletiva, o piloto inglês demonstrou a intenção de permanecer na F1. Sobre a renovação com a Mercedes, ele deseja esperar “concluir o trabalho” na temporada, mas a expectativa é de acertar com a equipe.

“Há dias em que você pensa ‘o que acontece se eu começar a errar? Meu poder de barganha diminui e minha reputação despenca?’ Há cenários na vida em que você quer assinar o contrato rápido e garantir seu futuro, mas eu confio em mim para fazer o trabalho. Quero deixar o contrato de lado e esperar até concluir o trabalho. Temos três corridas no Oriente Médio e são provas que quero vencer. Mas vamos fechar o contrato, tenho certeza disso”, disse.

Com o primeiro título conquistado pela McLaren (2008), Hamilton corre pela Mercedes desde 2013 e, em oito temporadas disputadas pela equipe, foram seis campeonatos conquistados (2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020), além de um vice (2016). No entanto, ao longo da atual temporada, o inglês evitou falar sobre a renovação de contrato, que termina no fim deste ano.

Após uma consistente temporada em 2020, se destacando na difícil prova em Istambul, o inglês reforçou que os pilotos da categoria sabem que o heptacampeonato não se deu “pelo carro”, e ainda fez a comparação de seu desempenho na Turquia com a prova do companheiro de equipe Valtteri Bottas, que renovou com a Mercedes em agosto deste ano.

“Hoje, mereço o respeito. Meus colegas sabem como é um dia difícil, sabem que não "foi o carro". Não poderia ter feito isso sem o grupo incrível de pessoas comigo, mas há outro grande piloto ao meu lado com o mesmo carro que não terminou a corrida no mesmo lugar que eu. Eu quero mais desses fins de semana com condições difíceis. Com oportunidades assim, posso mostrar mais do que sou capaz”, continuou.

O campeonato 2020 da Fórmula 1 ainda tem mais três etapas até o fim: a rodada dupla do Barein, nos dias 30 de novembro e 6 de dezembro, e a última corrida do ano, em Abu Dhabi, no dia 13.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!