Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » EXTRAORDINÁRIO

Fórmula 1: O hepta de Lewis Hamilton

Piloto inglês conquista sete títulos, quebra recordes e prova ainda mais o seu domínio na categoria

Gabriela Santos Publicado em 17/11/2020, às 13h21 - Atualizado às 13h23

Fórmula 1: O heptacampeonato de Lewis Hamilton
Fórmula 1: O heptacampeonato de Lewis Hamilton - GettyImages

Lewis Hamilton conquistou o heptacampeonato da Fórmula 1 no último domingo, 15, no GP da Turquia. O sétimo título da categoria colocou o inglês no topo da lista de maiores campeões, ao lado do alemão Michael Schumacher.

No Circuito de Istambul, Hamilton mostrou sua eficiência e genialidade nas condições da pista da Turquia. Largando em sexto, o piloto da Mercedes se adaptou à baixa aderência e conquistou a vitória que garantiu seu heptacampeonato da categoria. Depois da corrida, o campeão mundial mandou pelo rádio uma mensagem para as crianças acreditarem nos seus sonhos.

“É muito importante que as crianças vejam isso... Não dê ouvidos a ninguém que lhe diga que você não pode alcançar algo. Sonhe o impossível. Fale com ele. Você tem que trabalhar por isso, persegui-lo e nunca desistir!”, disse. 

Aos 35 anos, Lewis Hamilton reforçou ainda mais seu posto de um dos maiores esportistas da história, dentro e fora das pistas. Com destaque nesta temporada, o inglês usou sua força para chamar atenção ao movimento “Black Lives Matter” (“Vidas Negras Importam”, na tradução), trazendo a discussão sobre a luta antirracista para dentro de um dos esportes mais elitistas do mundo.

 Lewis Hamilton usa máscara com a mensagem "Vidas Negras Importam" (Crédito: GettyImages)

 

Nas pistas, alcançou outras marcas expressivas em 2020: quebrou o recorde de vitórias (94), de pódios (163) e de pole positions (97). E vale destacar algumas vitórias monumentais na temporada, como o GP da Inglaterra, em que venceu com apenas três pneus na última volta, além dos GPs da Estíria, Toscana, Eifel e Portugal.

Em 14 temporadas disputadas na categoria, ele alcançou as principais marcas e chegou aos extraordinários números de Michael Schumacher. No último domingo, superou o alemão no número de vitórias por uma mesma equipe. Ao todo, são 73 triunfos em oito temporadas pela Mercedes, contra 72 de Schumacher em 11 anos na Ferrari.

Desde sua estreia na Fórmula 1, na Austrália, em 2007, ele vem batendo recordes e construindo um dos maiores legados da categoria. Em 2021, o inglês vai brigar pelo oitavo título para se tornar o maior campeão da história da F1. Foram seis campeonatos conquistados nos últimos dez anos (2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020).

Faltando três etapas para o encerramento do campeonato de 2020, Hamilton ainda tentará fazer história mais uma vez: igualar o número de vitórias numa mesma temporada. Caso vença as três, chegará a 13 triunfos, igualando Schumacher, em 2004, pela Ferrari, e Sebatian Vettel, em 2013, pela RBR. Em 2014, 2018 e 2019, o inglês venceu 11 corridas.

Confira os números de Lewis Hamilton na Fórmula 1 (2007-2020):

Campeonatos conquistados na F1: 2008 (McLaren), 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020 (Mercedes)
Grandes prêmios disputados: 264
Equipes: McLaren (2007-2012) e Mercedes (desde 2013)
Estreia: Austrália, em 2007 (3ª)
Primeira vitória: Canadá, em 2007
Última vitória: Istambul, em 2020
Vitórias: 94
Pódios (incluindo vitórias): 163
Pole positions: 97
Voltas mais rápidas em GPs: 53
Pontos ganhos: 3738
Classificação final no Campeonato Mundial de Pilotos: 1º (2008, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019, 2020), 2º (2007, 2016), 4º (2010, 2012, 2013), 5º (2009, 2011)


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!