Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » DATAS MARCADAS!

Fórmula 1: FIA aprova calendário da temporada 2021 com recorde de 23 etapas

Calendário foi oficializado pelo Conselho Mundial da FIA, com o GP de São Paulo em novembro

Redação Publicado em 17/12/2020, às 09h28

Fórmula 1: FIA aprova calendário da temporada 2021 com recorde de 23 etapas
Fórmula 1: FIA aprova calendário da temporada 2021 com recorde de 23 etapas - GettyImages

Com um recorde de 23 corridas, o calendário da temporada 2021 da Fórmula 1 foi aprovado pelo Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta quinta-feira, 17. Um dia após a categoria confirmar o GP de São Paulo, em Interlagos, até 2025, as datas das etapas do próximo campeonato foram oficializadas.

O GP do Brasil, que passará a ter o nome de GP de São Paulo, será realizado no dia 14 de novembro de 2021. A temporada vai começar em 21 de março, no circuito da Austrália, e se encerrará em 5 de dezembro, em Abu Dhabi.

Apesar da aprovação do calendário, há duas datas pendentes. No dia 25 de abril está previsto o GP do Vietnã, mas questões políticas e a prisão do principal responsável pelo evento deixam a etapa em aberto. A outra pendência está no GP da Espanha, que ainda aguarda a assinatura de um acordo comercial – que deve acontecer ainda no fim deste ano.

O GP da Arábia Saudita é a novidade do calendário. A etapa será no circuito a ser montado nas ruas de Jidá, no dia 24 de novembro. A prova recebeu duras críticas da Anistia Internacional pelas acusações de violações de direitos humanos no país asiático.

Fora do calendário de 2020, por conta da pandemia de coronavírus, as pistas de Melbourne (Austrália), Xangai (China), Monte Carlo (Mônaco), Baku (Azerbaijão), Montreal (Canadá), Paul Ricard (França), Marina Bay (Singapura), Suzuka (Japão), Austin (Estados Unidos), Cidade do México (México) e Interlagos retornam para o Mundial de 2021.

Adicionados no calendário excepcionalmente por conta da pandemia, os circuitos e Mugello (GP da Toscana), Nürburgring (GP de Eifel), Portimão (GP de Portugal), Imola (GP da Emilia-Romagna) e Istambul (GP da Turquia) não permanecerão na temporada de 2021 da Fórmula 1.

A temporada 2020 foi reduzida de 22 etapas para 17 por conta da pandemia, com etapas realizadas na Europa, Rússia, Turquia e Golfo Pérsico. Em 2021, a categoria pretende realizar um calendário parecido ao de antes.

O GP da Holanda, em Zandvoort, receberá a F1 em 5 de setembro, mais de um ano depois do planejado. O circuito seria realizado no começo de maio de 2020, mas foi cortado do calendário. O país não recebe a categoria desde 1985.

Confira o calendário de 2021

21/3: AUSTRÁLIA, MELBOURNE
28/3: BAHREIN, SAKHIR
11/4: CHINA, XANGAI
25/4: A SER CONFIRMADO, A SER CONFIRMADO
9/5: ESPANHA, *BARCELONA
23/5: MÔNACO, MONTE CARLO
6/6: AZERBAIJÃO, BAKU
13/6: CANADÁ, MONTREAL
27/6: FRANÇA, PAUL RICARD
4/7: ÁUSTRIA, RED BULL RING
18/7: INGLATERRA, SILVERSTONE
1/8: HUNGRIA, HUNGARORING
29/8: BÉLGICA, SPA-FRANCORCHAMPS
5/9: HOLANDA, ZANDVOORT
12/9: ITÁLIA, MONZA
26/9: RÚSSIA, SÓCHI
3/10: SINGAPURA, MARINA BAY
10/10: JAPÃO, SUZUKA
24/10: ESTADOS UNIDOS, AUSTIN
31/10: MÉXICO, CIDADE DO MÉXICO
14/11: BRASIL, INTERLAGOS
228/11: ARÁBIA SAUDITA**, JEDÁ
25/12: ABU DHABI, YAS MARINA

*Depende da assinatura de acordo comercial
** Depende da homologação do circuito


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!