Sportbuzz
Outros Esportes / FÓRMULA 1!

Filho de fundador da Ferrari atualiza sobre estado de saúde de Schumacher: "Não está morto, mas não se comunica"

Piero Ferrari, filho de Enzo Ferrari, conviveu com Schumacher antes do grave acidente que o mantém longe dos holofotes

Redação Publicado em 01/10/2021, às 08h54

Schumacher, ex-piloto da Ferrari sorrindo - GettyImages
Schumacher, ex-piloto da Ferrari sorrindo - GettyImages

Filho do fundador da Ferrari, Piero Ferrari deu entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", e atualizou os fãs sobre o estado de saúde de Michael Schumacher. O empresário contou que o ex-piloto "não está morto, mas não se comunica".

"Tive o prazer de ter o Schumacher como hóspede em casa e de beber uma garrafa de vinho tinto juntos: ele gostava muito desses momentos de intimidade e tranquilidade. Era uma pessoa simples, clara, precisa, uma personalidade muito linear", contou Piero Ferrari relembrando a época em que conviveu com o ex-piloto.

"Lamento que falemos dele hoje como se estivesse morto. Ele [Schumacher] não está morto, mas não consegue se comunicar", completou.

Schumacher continua se recuperando de lesões cerebrais provocadas pelo grave acidente de esqui que sofreu nos Alpes Franceses, em dezembro de 2013. Desde então, o estado de saúde do ex-piloto é mantido em sigilo extremo pela família.

Em sua carreira, Michael Schumacher somou sete títulos na Fórmula 1 e 91 vitórias, sendo ultrapassado por Lewis Hamilton somente em 2020. O alemão correu na categoria entre os anos de 1991 e 2006, e entre 2010 e 2012.

Declarações da esposa

Nesta quarta-feira, 15, estreia o documentário na "Netflix" sobre a vida do ex-piloto e heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher. Nele, Corinna Schumacher, esposa do astro, dá um depoimento emocionante sobre esses anos em que o marido está acamado.

Hoje com 52 anos, e casada Schumacher desde 1995, Corinna não conseguiu conter as lágrimas, em um raro, e extremamente emocionante depoimento, falou sobre o estado de saúde de seu companheiro.

Atualmente, Corinna é responsável por administrar a vida pessoal do marido, distante da esfera pública, e com seu real estado de saúde sendo mantido em segredo desde 2013, quando sofreu um grave acidente de ski durante as férias. 

As falas emocionantes de Corinna estão no documentário "Schumacher", e foram divulgadas pelo jornal britânico "Daily Star".

"Sinto falta do Michael todos os dias", disse Corinna em uma parte do documentário, mas sem dar mais detalhes sobre as atuais condições do marido.

"Mas o Michael ainda está aqui, diferente, mas está aqui. Ele ainda me mostra como é forte diariamente", contou.

Em outro trecho, Corinna relembra o grave acidente que deixou o esposo na condição que está hoje.

"Sempre saímos seguros de suas corridas, o que sempre me deu a certeza que ele tinha alguns anjos da guarda trabalhando por ele (...) Nunca me ocorreu que nada mais poderia acontecer com o Michael. Foi apenas azar, todo o azar que alguém poderia ter na vida", lembrou.

Além disso, a esposa do ex-piloto também falou sobre sua rotina com Schumacher e os filhos na casa da família na Suíça. Com o heptacampeão, ela é mãe de Gina-Maria Schumacher, de 24 anos, e do piloto Mick Schumacher, de 22 anos.

"Tentamos seguir como uma família, como Michael sempre gostou e continua gostando. Vivemos juntos em casa. Fazemos terapia. Fazemos tudo o que podemos para o Michael melhorar e ter certeza que ele está confortável", revelou.

O documentário "Schumacher" foi dirigido por Hanns-Bruno Kammertöns, Vanessa Nöcker e Michael Wech. A produção foi focada principalmente nos feitos automobilísticos do ex-piloto, passando brevemente em sua vida pessoal e seu estado de saúde.

Apesar de o real estado do ex-piloto não ser conhecido, sabe-se que ele passou seis meses em coma induzido depois do acidente em 2013. Posteriormente, ele foi levado para a casa da família, onde estaria passando por uma série de tratamentos visando sua recuperação.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!