Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » OLIMPÍADAS 2020

Esquenta Olimpíadas 2020: saiba tudo sobre a Maratona Aquática!

Competição estreou nos Jogos Olímpicos no ano de 2008 e premia o atleta mais veloz em águas abertas

Guilherme Assumpção Publicado em 14/02/2020, às 10h48

Esporte premia o atleta mais veloz nas águas abertas
Esporte premia o atleta mais veloz nas águas abertas - Ministério do Esporte

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estão cada vez mais próximos. Faltando pouco menos de seis meses para a cerimônia de abertura, marcada para o dia 24 de julho, a expectativa para o maior evento esportivo do planeta cresce cada dia mais.

Com isso, o SportBuzz fará uma série de reportagens apresentando todas as modalidades que estarão no cronograma olímpico! 

O esporte da vez é a maratona aquática, que estreou nas Olimpíadas no ano de 2008 em evento realizado na China.

O ESPORTE

Nadar grandes distâncias sempre foi uma prática muito comum nos tempos antigos. Esta atividade passou a ser acentuada a partir do ano de 1875, quando o capitão inglês Matthew Webb protagonizou um grande feito. O capitão se tornou o primeiro homem a cruzar nadando o Canal da Mancha, entre a Inglaterra e a França.

Maratona estreou nas Olimpíadas no ano de 2008 (Crédito: Ministério do Esporte)

 

Com a inspiração na prática de nadar longos percursos, a maratona aquática surgiu como uma competição realizada em águas abertas e que busca sempre premiar o atleta mais veloz. Com mais de 200 anos, a modalidade esportiva teve início nas primeiras quatro edições das Olimpíadas (1896 a 1906), onde todas as provas da natação eram realizadas em águas abertas.

Contudo, a partir de 1908, as piscinas foram introduzidas para a disputa das provas de natação e a maratona aquática voltou a estar presente apenas nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, no ano de 2008.

As provas podem ser realizadas em águas oceânicas (mares), lagos ou rios. A distância a ser percorrida é de 10 km e vence quem chegar primeiro. Ao todo, 25 atletas participam da competição masculina e 25 atletas no feminino.

A MODALIDADE EM TÓQUIO 2020

Rio de Janeiro abrigou o último evento da modalidade nas Olimpíadas (Crédito: Roberto Castro/ Brasil2016)

 

Em Tóquio 2020, as disputas da Maratona Aquática acontecerão nas águas do Odaiba Marine Park nos dias 5 e 6 de agosto. Antes, as provas da natação acontecem entre os dias 25 de julho e 2 de agosto.

A disputa é muito simples. Todos os atletas dão a largada após o sinal sonoro e iniciam a competição nas águas abertas. Durante os 10 km, quem chegar primeiro à linha de chegada conquista a tão sonhada medalha de ouro.

O BRASIL NA MODALIDADE

Ana Marcela Cunha é a principal representante do Brasil nos Jogos Olímpicos. A atleta conquistou sua vaga no último Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju, na Coreia do Sul, que aconteceu no ano de 2019. Ana chegou em quinto lugar na maratona dos 10 km e é a única representante do Brasil confirmada na modalidade.

Ana Marcela Cunha é a grande esperança de medalha do Brasil nas Olimpíadas (Crédito: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br)

 

O país ficou distante de conquistar mais vagas no esporte por conta dos resultados ruins no Mundial realizado na Coreia do Sul. Allan do Carmo e Victor Colonese tiveram rendimento muito abaixo do esperado e se distanciaram da vaga olímpica. Já no feminino, Viviane Jungblut terminou na 12ª posição e também viu o sonho de disputar as Olimpíadas de Tóquio mais distante.

Com os resultados, o Brasil poderá ter apenas um representante na categoria masculina. Assim, esta vaga será decidida na seletiva olímpica, que será realizada ainda neste ano, ou pela cota continental.

RETROSPECTO OLÍMPICO

A estreia deste formato de competição aconteceu no ano de 2008 e a primeira medalhista olímpica foi a russa Larisa Ilchenko. A medalha de prata ficou com Keri-Anne Payne, da Grã-Bretanha e o bronze ficou com Cassandra Patten, também da Grã-Bretanha. No masculino, o primeiro lugar foi de Maarten van der Weijden, da Holanda. Na sequência, David Davies, da Grã-Bretanha, e Thomas Lurz, da Alemanha, completaram o pódio.

Nas Olimpíadas de Londres 2012, o ouro ficou com Oussama Mellouli, da Tunísia, a prata foi de Thomas Lurz, da Alemanha, e o bronze foi de Richard Weinberger, do Canadá. No feminino, o primeiro lugar ficou com Éva Risztov, da Hungria. Na sequência, Haley Anderson, dos Estados Unidos, e Martina Grimaldi, da Itália, estiveram presentes no pódio da modalidade.

Poliana Okimoto conquistou a primeira medalha do Brasil na modalidade (Crédito: Ministério do Esporte)

 

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016 foram muito especiais por conta da primeira medalha do Brasil na modalidade. A brasileira Poliana Okimoto conquistou a medalha de bronze na maratona aquática 10 km. O primeiro lugar foi de Sharon van Rouwendall, da Holanda, e a segunda posição ficou com a italiana Rachele Bruni.

No masculino, Ferry Weertman, da Holanda, ficou com o lugar mais alto do pódio. A medalha de prata ficou com o grego Spiros Gianniotis e o bronze foi de Marc-Antoine Olivier, da França.


7 produtos essenciais na hora da natação

1. Óculos X Vision Speedo Único: https://amzn.to/306PwDE

2. Touca Fish Cap Speedo Unissex Único: https://amzn.to/2QDHvmu

3. Power Fin: https://amzn.to/2QG0htx

4. Touca De Natação Adulto Fusion Pro Preta Nylon Arena: https://amzn.to/2FyUwrl

5. Pullbuoy Acqua Speedo: https://amzn.to/30e4JCX

6. Maillot Performance Speedo Mulheres: https://amzn.to/2R5edfv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e o Sportbuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página. 

SportBuzz agora está no Spotify! Você quer ficar por dentro de todas as novidades do universo esportivo e dos seus atletas preferidos? Acesse https://spoti.fi/2HmL6A4 não dê mais nenhuma bola fora com o seu time do coração!