Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » FUTEBOL AMERICANO

Duzão, brasileiro na NFL, começou a praticar o esporte nas fazendas do Mato Grosso

Engenheiro agrônomo deixou carreira no Brasil para assinar contrato com o Miami Dolphins

Gabriela Santos Publicado em 18/06/2020, às 13h33

Duzão, brasileiro na NFL, começou a praticar o esporte nas fazendas do Mato Grosso
Duzão, brasileiro na NFL, começou a praticar o esporte nas fazendas do Mato Grosso - GettyImages

A NFL, liga de futebol americano, é um destino mais difícil para os atletas brasileiros. De forma amadora, o cuiabano Durval Queiroz, o Duzão, começou a praticar o esporte no começo da década e então surgiu a possibilidade de ir para os Estados Unidos para se tornar profissional.

Duzão, que hoje tem contrato com o Miami Dolphins, é o brasileiro que está mais perto de jogar a NFL. O cuiabano de 27 anos segue os passos do kicker Cairo Santos, que atuou por seis anos na liga, como uma esperança de ver mais um representante do Brasil jogando na liga.

“Só em 2015 que eu fui para um time de futebol americano de verdade. O Tangara Taurus [do Mato Grosso] não tinha nem equipamento, era muito amador. Em 2015 que comecei no Cuiabá Arsenal, que tinha mais estrutura. Em 2018 joguei quatro meses pelo Galo FA. E em 2019 eu cheguei no Miami Dolphins”, disse em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

O engenheiro agrônomo formado falou sobre a expectativa por uma vaga no elenco principal da franquia. Há um ano nos Dolphins, Duzão diz que a vivência neste ambiente competitivo, ainda que não tenha feito sua estreia, o ajuda a ter mais confiança.

“De todos os esportes não tem nenhum que compara. Muitos não entendem o que um jogador de futebol americano precisa passar. O que o corpo tem que aguentar, a pressão psicológica, a parte mental é fora de série. Ainda mais eu que vim de uma situação atípica, era amador no Brasil, cai de paraquedas, até me adaptar foi difícil”, declarou.

Ganhando apenas uma ajuda de custo no início da carreira no futebol americano, ou nem isso, Duzão trocou a estabilidade de um emprego comum, mas promissor na agronomia, para apostar no esporte. Ainda que tenha defendido a Seleção Brasileira, o jogador ganhava cerca de R$ 800 mensais para atuar no Galo FA, pelo qual foi campeão nacional em 2018. Em seu primeiro ano no Dolphins, ele recebeu um salário bruto de 10 mil dólares por mês durante a temporada (R$ 52 mil na cotação atual).

“Dá para guardar um pouco de dinheiro, mas tem o imposto que já tira uma parte e você precisa dividir pelos 12 meses. O custo de vida é alto, tem aluguel, carro, não dá para fazer muita coisa, não. Mas é melhor que os 800 reais”, disse.


Fã de futebol americano? Então dá uma olhada nessa lista!

1. Homyl 2 pares de Protetores de Canela - https://amzn.to/32W4SL1

2. Meias -https://amzn.to/2r33ER3

3. Boné New England Patriots New Era -https://amzn.to/2NXsJWi

4. Bola Futebol Americano Wilson Tn Oficial - https://amzn.to/2qdoH3j

5. Squeeze 600ml Bola Futebol Americano - https://amzn.to/342avbO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e o Sportbuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!