Sportbuzz
Outros Esportes / GINÁSTICA ARTÍSTICA

Depois de levar o ouro no Brasileiro de ginástica artística, Arthur Nory explica choro: "Desabafo"

Arthur Nory se emocionou bastante depois da disputa no Brasileiro de ginástica artística

Redação Publicado em 04/10/2021, às 08h46

Arthur Nory comemorando depois do Brasileiro de ginástica artística - GettyImages
Arthur Nory comemorando depois do Brasileiro de ginástica artística - GettyImages

É depois das cobranças que chegam as melhores recompensas, e Arthur Nory viu bem o que é isso depois da disputa do Brasileiro de ginástica artística. O ginasta mal viu a nota de 14,500 pontos para sua série da barra fixa, e já se retirou do ginásio em Aracaju.

O atual campeão mundial da barra sabia que já tinha o ouro garantido no Brasileiro de ginástica artística, mas ainda tentava esconder as lágrimas. Depois do fim da competição, o ginasta do Clube Pinheiros explicou o choro deste domingo, 3.

"Fiquei bastante emocionado. Consegui acertar a série, mas ainda faltam alguns detalhes. Acho que estou me cobrando bastante desde as Olimpíadas. Veio um pouquinho de desabafo. Eu sei que não foi a série encaixada ainda, sei que não foi boa, mas estou muito feliz. A gente está muito feliz de poder voltar a competir e seguir trabalhando", contou Arthur Nory.

O ginasta tinha como objetivo ter cravado a saída do aparelho, como fez na classificatória em Aracaju, e tirou 14,650. O passo grande na aterrissagem não colocou o ouro em risco, mas ele já pensa em acertar esse ponto para o Mundial.

Foram justamente os passos na saída que tiraram o campeão mundial da final das Olimpíadas de Tóquio, onde terminou na 12ª posição.

Já nesta segunda-feira, 4, Arthur Nory embarca junto com Rebeca Andrade, Caio Souza e Luis Porto para Doha, onde o grupo vai fazer a aclimatação antes do Mundial de Kitakyushu, no Japão, entre 18 e 24 de outubro. 

"Essa série é da classificatória. Ainda falta um décimo a mais de dificuldade, ou a menos, depende de como vão ser os treinos lá (no Japão), porque a gente está pensando na execução, não tanto na dificuldade. Vendo as Olimpíadas, na barra, eles estão pegando bastante no pé da execução. Então talvez perder um décimo (na dificuldade) para ganhar na execução... é de se estudar agora nessas três semanas. O Brasileiro foi um campeonato para testar mesmo", analisou.

Sendo bronze no solo das Olimpíadas do Rio 2016, Nory foi prata no aparelho no Brasileiro de ginástica artística, em Aracaju, além de também ter conquistado a prata por equipes com o Pinheiros.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!