Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » Jogos Pan-Americanos

De quebra de protocolo ao hexa: 5 vezes que o Brasil marcou época nos Jogos Pan-Americanos

A delegação brasileira já deu o que falar durante suas participações no campeonato

SportBuzz Digital Publicado em 08/08/2019, às 10h49

None
Marta Silva (Crédito: Getty Images)

Desde 1951, os Jogos Pan-Americanos costumam agitar o mundo dos esportes de quatro em quatro anos. Presença garantida em todas as 18 edições, a delegação brasileira ao longo do tempo conquistou espaços expressivos no quadro final de medalhas.

A fim de deixar vocês a par sobre as vezes que o Brasil fez história na competição, vamos recordar cinco momentos em que nossos atletas marcaram época. Confira:

Sim, somos hexa!
Milhares de torcedores cobram o tão sonhado hexa da Seleção Brasileira Masculina de Futebol na Copa do Mundo, mas o feito não é novidade para as meninas do hand. Donas de uma invencibilidade única desde 1995, as nossas atletas já estão há 24 anos sem perder e, em 2019, conquistaram o sexto título da modalidade durante o Pan-Americano.

Ouro no Maracanã
A Seleção Feminina de Futebol, em 2007, durante o Pan-Americano sediado no Rio de Janeiro, fez a alegria de todos os torcedores brasileiros. Lideradas por Marta, o time venceu os Estados Unidos por 5 gols de diferença no Maracanã e conquistou o tão sonhado ouro.

Quebra de protocolo
Em 1991, os jogos desembarcaram em Havana, capital de Cuba. Comandadas por Hortência, o basquete feminino protagonizou um feito inesperado na grande final da modalidade. Jogando contra as donas da casa, as brasileiras conquistaram o ouro e na hora de entregar as medalhas, Fidel Castro quebrou protocolos e parabenizou todas as atletas campeãs.

Derrota do ‘Time dos Sonhos’
Em 1987, a Seleção Masculina de Basquete protagonizou um feito único no Pan-Americano. Durante o torneio, o Brasil conseguiu vencer os Estados Unidos na casa deles. O time americano, até então, jamais havia perdido dentro de casa. Com cinco pontos de diferença, nossa delegação, comandada por Oscar Schmidt, bateu o temido ‘time dos sonhos’.

44 anos de recorde
Em 1975, os jogos desembarcaram no México. Porém, mal sabiam os amantes do esporte que naquele ano algo marcaria a história da competição. Durante a disputa do salto triplo, o brasileiro João do Pulo protagonizou um salto que tem o recorde mantido até os dias de hoje. A distância de 17,89 metros precisou de duas trenas para conseguir a medição oficial.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!