Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » OLIMPÍADAS!

Comitê Olímpico do Brasil inicia o processo de revisão do planejamento para 2021!

Nova data do Jogos está permitindo que a entidade renegocie contratos e retome conversas

Izabella Macedo Publicado em 01/04/2020, às 17h34

Comitê Olímpico do Brasil inicia processo de revisão do planejamento para 2021
Comitê Olímpico do Brasil inicia processo de revisão do planejamento para 2021 - GettyImages

Desde que os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foram adiados para o ano que vem, o Comitê Olímpico do Brasil, COB, teve a oportunidade de recomeçar o trabalho e dar os passos faltantes.

A entidade já iniciou a revisão de seu planejamento e procura definir algumas questões como passagens aéreas, hospedagens e acordos com bases e demais fornecedores.

Esse é o recomeço de um trabalho que tem como objetivo oferecer aos atletas todos os serviços de forma excelente na Missão em Tóquio.

A ideia é disponibilizar desde o tradicional arroz com feijão até os modernos equipamentos de treinamento, tudo com a qualidade merecida pelos atletas.

“Tudo está andando num prazo muito bom. A rápida definição da nova data dos Jogos permite que todo o calendário esportivo mundial se reorganize, protegendo a saúde dos atletas e demais envolvidos nos Jogos. Nosso desejo é que essa fase de afastamento social passe logo para voltarmos à rotina normal, com a retomada dos treinos e a diminuição da ansiedade geral”, afirmou o diretor geral do COB, Rogério Sampaio.

No entanto, o COB deve esbarrar em um dos principais desafios para os Jogos de Tóquio no verão de 2021 e a parte logística deve dar uma certa dor de cabeça aos integrantes.

Muitos dos contêineres com materiais e equipamentos, por exemplo, já tinham sido enviados até a capital japonesa, mas alguns outros estavam estocados em um galpão, com previsão de saída do Brasil para o mês de abril.

Além de essa última operação ter sido cancelada, o COB ainda deve verificar a disponibilidade de locação das mesmas bases que atenderiam o Time Brasil para o ano que vem.

“Já iniciamos o contato com nossas bases e fornecedores, comunicando oficialmente sobre o adiamento e informando, de forma antecipada, sobre o interesse de manutenção das parcerias para 2021. Estamos elaborando também o aditamento do contrato com fornecedores de transporte, alimentação e depósitos que tínhamos à disposição no Japão”, explicou.

Rogério ainda reforçou a necessidade de remarcas as passagens aéreas e hospedagens da delegação brasileira, que deve superar os 400 integrantes com aproximadamente 270 atletas.

“Em uma conversa inicial, a Air Canadá se colocou à disposição para fazer o ajuste nos voos, de acordo com a nossa demanda, mas dependíamos das datas do evento para definir as chegadas e partidas da delegação. Estamos confiantes para seguir com o planejamento”, afirmou o ex-judoca, campeão olímpico em Barcelona 1992.

Sobre a classificação dos atletas e equipes, o COB afirmou que as Federações Internacionais também estão com dificuldades.

“O processo de qualificação para Tóquio está gerando grandes questionamentos no mundo inteiro. O COI e as Federações Internacionais (FI) devem se manifestar sobre o tema até o início de abril sobre o restante das vagas em disputa”, disse Jorge Bichara.

“Sobre os atletas suspensos por doping poderem participar dos Jogos, após cumprirem suas punições, é algo mais complexo, que talvez dependa de processos jurídicos. Vamos aguardar a manifestação dos órgãos competentes sobre qual conceito seguir", completou.

Até o momento, o Time Brasil tem 178 atletas classificados e o fechamento de clubes e do Centro de Treinamento Time Brasil, CTTB, por conta do coronavírus, é visto como um complicador.

“Definida a data da realização dos Jogos, que é a competição-alvo, estabelece-se um cronograma invertido para encaixe das fases de treinamento. É uma situação complexa porque envolve também as competições preparatórias, que praticamente inexistem no calendário atual”, finalizou.


Itens que todo fanático pela Seleção Brasileira vai amar ter

Clique nos links abaixo para comprar os produtos:

1. Álbum de Figurinhas Seleção Brasileira Rússia 2018. A Maior Campeã de Todos os Tempos (+ 10 Envelopes) 

2. Copo Chuteira 370 Ml Jogador Cbf Globimport Transparente 

3. Camiseta Nike Brasil Torcedor Réplica 18/19 

4. A camisa amarela da seleção brasileira

5. Chinelo Slim Brasil, Havaianas, Feminino 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

SportBuzz agora está no Spotify! Você quer ficar por dentro de todas as novidades do universo esportivo e dos seus atletas preferidos? Acesse https://spoti.fi/2HmL6A4 não dê mais nenhuma bola fora com o seu time do coração!