Sportbuzz
Outros Esportes / FÓRMULA 1!

Chefe da Mercedes analisa acidente com Verstappen, e revela: "Halo salvou a vida de Hamilton"

Hamilton e Verstappen acabaram se envolvendo em um acidente que os deixou fora do GP da Itália

Redação Publicado em 13/09/2021, às 07h56

Hamilton e Verstappen no momento do acidente no GP da Itália - GettyImages
Hamilton e Verstappen no momento do acidente no GP da Itália - GettyImages

Quando o Halo foi introduzido pela Fórmula 1 como dispositivo de proteção da cabeça, os fãs da corrida não gostaram nem um pouco. Com o objetivo de evitar lesões durante um acidente, a peça foi fundamental para salvar a vida de Hamilton no acidente com Verstappen no GP da Itália.

Neste domingo, 12, em Monza, a dupla acabou colidindo, e ficando fora da prova. Nas imagens, é possível ver claramente que o dispositivo de segurança impediu o choque entre a roda do carro da RBR com a cabeça de Hamilton.

Depois de Hamilton e Verstappen terem batido na primeira curva do circuito, o carro do holandês decolou ao passar pela zebra e acabou caindo bem em cima da Mercedes do rival. Para Toto Wolff, chefe da Mercedes, o Halo foi responsável por salvar a vida do heptacampeão.

"O Halo definitivamente salvou a vida de Lewis hoje. Teria sido um acidente horrível no qual não quero nem pensar se não tivéssemos o Halo", disse depois da corrida.

Tudo aconteceu depois de os pilotos terem dividido a primeira curva. Nela, o carro da RBR passou por cima das lombadas e acabou subindo na Mercedes do britânico, jogando a dupla para fora da pista e consequentemente, deixando ambos fora da prova.

Toto Wolff ainda afirmou que os pilotos precisam deixar um espaço um para o outro antes que este tipo de acidente possa machucar um dos dois.

"Ambos precisam deixar espaço um para outro, disputar com firmeza, mas evitar acidentes. Foi divertido até agora, mas já vimos o Halo salvar a vida do Hamilton hoje e o impacto forte do Max em Silverstone, e nós não queremos uma situação em que alguém se machuque seriamente", analisou.

Chefe da RBR, Christian Horner também defendeu a importância do Halo, reforçando que o acidente foi realmente impressionante.

"Foi um acidente bizarro. Você vê que o carro do Max subiu na Mercedes. Acho que sem o Halo, não haveria proteção para o peso da roda, que caria diretamente em cima do Lewis. Então mais uma vez o Halo demonstrou, como em Silverstone, o seu propósito na F1", contou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!