Sportbuzz
Outros Esportes / SURFE

Campeão olímpico, Ítalo Ferreira projeta etapa final do Mundial de Surfe: “Estou preparado”

Ao lado de Gabriel Medina e Filipe Toledo, Ítalo representa o Brasil na briga pelo título mundial

Redação Publicado em 08/09/2021, às 14h38 - Atualizado às 14h40

Campeão olímpico, Ítalo Ferreira projeta etapa final do Mundial de Surfe: “Estou bem preparado” - GettyImages
Campeão olímpico, Ítalo Ferreira projeta etapa final do Mundial de Surfe: “Estou bem preparado” - GettyImages

Três brasileiros disputam nesta quinta-feira, 9, a etapa decisiva do Mundial de Surfe. Ao lado de Gabriel Medina e Filipe Toledo, o campeão olímpico Ítalo Ferreira representa o Brasil na busca por mais um título mundial masculino em Trestles, nos Estados Unidos.

De olho na decisão da temporada 2021 do campeonato de surfe, o SportBuzz preparou uma série de matérias com os brasileiros que disputam a etapa final da WSL. No Tour feminino, Tatiana Weston-Webb compete pelo título inédito.

Em coletiva, Ítalo Ferreira projetou a disputa do mundial e destacou a confiança que conquistou depois de levar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, na estreia da modalidade como esporte olímpico.

“Eu consigo resetar muito rápido as coisas. Quando eu ganhei as Olimpíadas, voltei para casa e já comecei a treinar novamente para os próximos desafios. Estar aqui (para a etapa final) hoje, para mim, é especial por poder competir com esses caras em Trestles. Ter a chance do segundo título do mundo é algo que pode somar muito nesse ano e pode ser os melhores anos da minha vida. Foi por isso que eu não parei de treinar, não parei de me dedicar. Ter vivido aquele momento nas Olimpíadas também foi especial. A gente teve um grande momento não só ali, na medalha, mas vivendo entre os atletas. Foi algo especial e que eu aproveitei ao máximo”, disse Ítalo em resposta à “CNN”.

“Me deixa um pouco mais motivado ter conquistado todos esses títulos. Me deixa leve e feliz também. Os próximos títulos provavelmente serão com mais tranquilidade, algo que vai durante os anos. Estou muito bem preparado, feliz e firme no que eu realmente quero”, completou.

Além do trio brasileiro, Morgan Cibilic e Conner Coffin completam o quinteto que briga pelo título da temporada. No novo formato da WSL, os cinco melhores surfistas ao longo do ano confirmaram vaga na etapa final. O campeão olímpico avançou na segunda colocação geral, atrás apenas de Gabriel Medina, e comentou sobre a estratégia.

“Chego numa posição muito boa, segundo colocado e com algumas baterias pela frente para serem vencidas. É algo que só me motiva mais, provavelmente vai ter os dois melhores caras da atualidade ali (na final). É só pensar em pegar as melhores ondas e quebrar. Acho que trabalho já foi feito antes e agora é só escolher o melhor dia de competição. E aí sim aí estar na bateria, escolher as melhores ondas e quebrar para não deixar dúvidas. Acredito que pode ser uma das melhores performances no campeonato. Se eu conseguir colocar e isso em forma acho que vai ser melhor”, avaliou Ítalo.

Com três brasileiros entre os cinco finalistas, Ítalo destacou a força do país no atual cenário do surfe.

“Sem dúvida é o melhor de todos os tempos. Acredito que ainda tem alguns anos aí que a galera vai continuar vencendo campeonato e tendo título no mundo. Vai ser difícil as (próximas) gerações baterem o que a gente está fazendo”, avaliou em resposta à “Jovem Pan”.

Nas redes sociais, Ítalo tem o costume de compartilhar sua rotina manter o condicionamento físico para as competições. Questionado sobre sua preparação, ele destacou:

“Chego 1100%. Acho que é a minha melhor forma e melhor momento, realmente. Estou bem preparado e feliz para isso, então, é só entregar nas mãos de Deus seguir firme. A gente não trabalha à toa, não. Agora é só ir para água e conseguir o que eu quero”, completou Ítalo Ferreira. 


 

 

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!