Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Outros Esportes / ATLETISMO

Alison dos Santos dispara e leva o mundial nos 400m com barreiras

Alison dos Santos superou seus principais rivais, o norueguês Karsten Warholm, e o americano Rai Benjamin, para ficar com o primeiro lugar na disputa

Redação Publicado em 20/07/2022, às 07h22

Alison dos Santos, atleta - GettyImages
Alison dos Santos, atleta - GettyImages

Alison dos Santos levou a medalha de ouro no mundial dos 400m com barreiras! O brasileiro registrou um tempo de 46s29 na noite desta terça-feira, 19, a terceira melhor marca da história da prova, que foi realizada em Oregon, nos Estados Unidos. Os rivais americanos Rai Benjamin e Trevor Bassitt completaram o pódio da decisão.

"Sabe quando você sonha com alguma coisa? Quando acorda todo dia na sua vida pensando nisso? Eu estava assim nessa temporada. Sonhando com esse resultado, essa vitória. É um momento indescritível, é uma sensação maravilhosa de alcançar o topo do mundo", disse o atleta depois de conquistar o primeiro lugar na competição.

Canal - SportBuzz

Além de ficar com a medalha de ouro, Alison dos Santos também estabeleceu o recorde da prova no Campeonato Mundial de atletismo, conquistando também a melhor marca da temporada, ficando seis décimos à frente do segundo colocado. Benjamin, que levou a medalha de prata, fechou a prova com tempo de 46s89, com Bassit chegando um pouco atrás, com 47s39.

O brasileiro já estava fazendo uma excelente temporada antes de levar o campeonato mundial nesta terça. Para se ter uma ideia, em 2022, ele ganhou todas as quatro etapas da Diamond League que disputou e chegou para a disputa em Eugene sendo o líder do ranking mundial na prova, lembrando que o Brasil nunca teve tradição na mesma.

Alison dos Santos no pódio dos 400m
Alison dos Santos no pódio dos 400m (Crédito: GettyImages)

Em 2021, Alison dos Santos já tinha colocado seu nome na história depois de conquistar o bronze nas Olimpíadas de Tóquio, com o tempo de 46s72, somente 0s02 acima do recorde mundial até aquele momento. A questão é que tanto Warholm quanto Benjamin fizeram tempos abaixo da melhor marca da história, que foi estabelecida um mês antes pelo próprio norueguês.

Vale destacar que foi a primeira vez que um atleta brasileiro conquistou medalha de ouro em uma grande competição internacional como a prova dos 400m com barreiras. Aos 22 anos, o atleta já foi campeão pan-americano em 2019, em Lima, no Peru, e além do bronze olímpico, levou também o terceiro lugar no mundial Sub-20, em 2018.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!