Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram Sportbuzz
Outros Esportes » Patinação Artística

Acusado de abuso sexual, treinador norte-americano é banido do esporte

Richard Callaghan foi afastado permanentemente pela U.S Center for SafeSport

SportBuzz Digital Publicado em 22/08/2019, às 15h06

None
- Richard Callaghan (Crédito: GettyImages)

A vida de Richard Callaghan virou de ponta-cabeça nos últimos dias. Um dos treinadores mais conhecidos e respeitados da história da patinação artística norte-americana viu seu nome envolvido em uma grande polêmica que o acusava de abuso sexual contra algumas das atletas que fizeram parte das equipes que comandou.

De acordo com a U.S Center for SafeSport, organização responsável por prevenir casos semelhantes e a U.S Figure Skating, federação que cuida do esporte no país, o profissional foi considerado ‘permanentemente inelegível’, o que não permite que ele exerça mais a função de treinador.

O caso já havia tomado maior expressividade nos anos de 1990, quando um ex-patinador denunciou o treinador por abuso sexual. Na ocasião, o atleta revelou que manteve relações sexuais com Richard dos 13 aos 22 anos de idade. Porém o caso voltou à tona depois de uma recente declaração feita por Adam Schmidt, que assumiu ter sido abusado de 1999 até 2001.

Seu advogado, John Manly, criticou a atitude das organizações em não dar importância ao caso na época em que tudo aconteceu. Em seu ponto de vista, o banimento deveria ter acontecido logo que as primeiras denuncias foram feitas.

“Como isso aconteceu? Por que 20 anos atrás todo mundo sabia e ninguém fez nada? Se eles tivessem feito algo ele nunca teria sido abusado”, disse o responsável jurídico por defender Adam.

Em meio ao alvoroço causado no universo esportivo, Callaghan não se pronunciou sobre as denúncias.